sicnot

Perfil

Mundo

Supremo brasileiro nega recurso sobre nomeação de Lula da Silva

A magistrada do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber indeferiu hoje um recurso movido pela advocacia Geral da União (AGU) em defesa da nomeação do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o cargo de ministro da Casa Civil.

© Paulo Whitaker / Reuters

A decisão segue o mesmo entendimento do magistrado Luiz Fux, que já havia indeferido hoje outro recurso movido pelos advogados de defesa do Governo brasileiro.

Para os dois magistrados, o recurso de 'habeas corpus' não poderia ser utilizado contra uma decisão tomada por um juíz do Supremo.

"Não cabe pedido de 'habeas corpus' originário para o Tribunal Pleno, contra ato de ministro [magistrado]", lê-se em parte da decisão de Rosa Weber.

O pedido de suspensão foi levado ao STF porque Gilmar Mendes, que também é membro do Supremo, barrou a nomeação do ex-Presidente no Ministério da Casa Civil na semana passada, alegando que Lula da Silva estaria a ser favorecido com o cargo para fugir da Justiça.

No entendimento de Gilmar Mendes, Lula da Silva tornar-se-ia ministro para ter foro privilegiado (imunidade jurídica), um direito dado a parlamentares e membros do governo para que sejam investigados apenas pelo STF e assim fugir da Operação Lava Jato, que investiga um esquema de pagamento de subornos a partir do interior da empresa petrolífera Petrobras.

Lusa

  • "A ida do Lula para o Governo foi um disparate"
    3:01

    Miguel Sousa Tavares

    Miguel Sousa Tavares analisa a situação política do Brasil, a nomeação do ex-Presidente Lula da Silva e as manifestações a que o país tem assistido nos últimos dias. Para o comentador, a ida de Lula da Silva para o governo é um "disparate" e acha inacreditável que um juiz de 1ª instância se permita a pôr uma escuta num Presidente e a divulgá-la.

  • 6 mil protestam contra Dilma e Lula em Brasília
    2:36

    Crise no Brasil

    Mais de 6 mil pessoas protestaram ontem contra Dilma Rousseff e Lula da Silva em Brasília. Por causa dos confrontos da semana passada, a polícia montou um enorme dispositivo policial à volta do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal, mas o protesto terminou sem incidentes.

  • Portugueses no Brasil preocupados com a falta de alternativas políticas
    3:17

    Mundo

    O terramoto político no Brasil fez cair a pique a popularidade de Lula da Silva. Uma sondagem conhecida este domingo diz que mais de metade dos brasileiros está contra o ex-presidente e a maioria acha que Dilma Rousseff deve renunciar ao cargo de imediato. Em Brasília, os enviados especiais da SIC falaram com dois emigrantes portugueses, preocupados sobretudo com a falta de alternativas no sistema partidário do país.

  • Governo brasileiro avança com providências cautelares
    1:42

    Crise no Brasil

    O Governo brasileiro está a tentar travar a eventual prisão preventiva de Lula da Silva. Os advogados avançaram com duas providências cautelares para suspender qualquer decisão judicial do processo Lava Jato até o Supremo Tribunal decidir se o ex-presidente pode ser Ministro. Ontem à noite, em Brasília, cerca de 100 pessoas juntaram-se em frente ao Palácio do Planalto para exigir a saída de Dilma Rousseff e a prisão de Lula da Silva.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho