sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte testou com sucesso míssil com combustível sólido

A Coreia do Norte assegurou hoje ter levado a cabo com êxito um teste de lançamento de um rocket com combustível sólido, o que representaria um avanço no seu programa de mísseis num momento de tensão militar na região.

Uma nova foto do líder norte-coreano, divulgada pela KCNA

Uma nova foto do líder norte-coreano, divulgada pela KCNA

© KCNA KCNA / Reuters

Este feito ajudará o país a "inspirar grande horror e terror no coração dos inimigos", afirmou o líder Kim Jong-un, que felicitou os cientistas do seu país, durante a sua visita ao local do teste, segundo informou a agência estatal norte-coreana KCNA.

A agência oficial assegurou que os resultados do ensaio coincidiram com os valores previamente estimados e "estão totalmente em linha com todos os indicadores científicos e tecnológicos".

O êxito do teste de rockets com combustível sólido "é de grande importância histórica e estratégica" e servirá para "reforçar notavelmente a capacidade militar" do país, segundo a KCNA.

O combustível sólido permite, segundo especialistas, abastecer os projéteis mais rapidamente e mantê-los armazenados e prontos para disparar durante longos períodos, ao contrário do combustível líquido.

A nova ameaça surge num momento de tensão depois de a Coreia do Norte ter levado a cabo o seu quarto teste nuclear no início de janeiro e realizado um lançamento de um rocket espacial em fevereiro, considerado um ensaio de mísseis encoberto.

Em resposta, o Conselho de Segurança da ONU impôs fortes sanções financeiras e comercias ao país, enquanto os Estados Unidos, a Coreia do Sul e o Japão ditaram medidas punitivas adicionais de forma unilateral.

Alem disso, Seul e Washington realizam até ao final de abril, em território sul-coreano, manobras militares de grande escala, consideradas um "ensaio de invasão" pela Coreia do Norte.

Em reação, o regime de Kim Jong-un emitiu várias ameaças de guerra e realizou vários lançamentos para o mar de mísseis de curto e médio alcance.

Lusa

  • Número de mortos nos incêndios sobe para 44

    País

    Os incêndios florestais que deflagraram no domingo em várias zonas do país provocaram 44 mortos, disse esta sexta-feira a adjunta do comando nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Patrícia Gaspar.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC

  • Aberta nova frente de guerra no Iraque
    1:20

    Mundo

    Uma nova frente de guerra no Iraque está aberta. O exército de Bagdade combate as forças curdas e luta pelo controlo da província petrolífera de Kirkuk. Na origem da ofensiva está o referendo não reconhecido à independência do Curdistão.