sicnot

Perfil

Mundo

Japão quer reduzir horas extraordinárias para incentivar a produtividade

O Governo japonês planeia reduzir o limite de horas extraordinárias que os empregados podem trabalhar, com o objetivo de diminuir os longos dias de trabalho habituais neste país e aumentar a produtividade, informa a imprensa local.

O Governo japonês planeia reduzir o limite de horas extraordinárias para aumentar a produtividade, informa a imprensa local

O Governo japonês planeia reduzir o limite de horas extraordinárias para aumentar a produtividade, informa a imprensa local

© Thomas Peter / Reuters

A legislação japonesa estabelece atualmente um limite de 45 horas extra por mês, apesar de este número poder ser aumentado até às 100 horas mensais se o funcionário assinar uma "cláusula especial" no seu contrato que aceita estas condições.

O Executivo contempla agora fixar um novo limite máximo que impeça, em qualquer situação, que se ultrapassem as 80 horas suplementares mensais, incluindo um pacote de medidas destinadas a reformar o mercado de trabalho, segundo o jornal Nikkei.

Segundo uma sondagem realizada pelo Governo em 2015, 1,1 milhões de trabalhadores fizeram mais de 100 horas extra mensais.

A norma laboral fixa um máximo de 40 horas de trabalho por semana, com exceções para determinadas profissões, e diz que o tempo de trabalho que supere este limite deve ser considerado como horas extraordinárias e retribuído com uma compensação especial.

Lusa

  • Quase 200 queixas por dia sobre serviços de saúde em 2017
    1:46

    País

    Foram apresentadas, em 2017, quase 200 queixas por dia sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados. As questões administrativas e os tempos de espera foram as principais razões das mais de 70 mil reclamações recebidas pela Entidade Reguladora da Saúde.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • Tribunal pede documentos sobre o BES ao Banco de Portugal

    Economia

    O Tribunal Administrativo de Lisboa deu esta quinta-feira ao Banco de Portugal 20 dias para entregar as ata das reuniões das 48 horas antes da resolução do BES. O regulador da banca foi chamado a prestar esclarecimentos sobre a queda do Banco Espírito Santo, em 2014.

  • 45 anos de Partido Socialista
    3:31

    País

    O PS completou 45 anos esta quinta-feira. Acaso ou não, a festa aconteceu um dia depois de terem ficado concluídos dois acordos com o PSD que fazem renascer o debate sobre o posicionamento ideológico do partido socialista.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
    Mudar de Vida

    Mudar de Vida

    5ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    No "Mudar de Vida" desta quinta-feira damos a conhecer mais um caso de quem teve coragem de arriscar e procurar um novo futuro. Susana Moraes é uma economista que decidiu seguir a paixão pela dança. 

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16