sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 22 mortos em triplo atentado suicida no Iémen

Pelo menos 22 pessoas foram mortas hoje, na sequência de um triplo atentado suicida em Aden, no sul do Iémen, segundo as autoridades locais.

© Khaled Abdullah Ali Al Mahdi

Os ataques foram cometidos contra pontos de controlo das autoridades leais ao governo, reconhecido pela comunidade internacional, refere a agência de notícias AFP.

Dois carros-bombas explodiram no oeste de Aden e, uma ambulância, junto a um posto de controlo, no centro da cidade, declarada capital provisória, depois de Sanaa ter sido tomada pelos rebeldes xiitas huthis.

A guerra do Iémen intensificou-se na sequência da intervenção, em março de 2015, de uma coligação árabe liderada pela Arábia Saudita, em apoio ao governo do presidente iemenita Abdrabuh Mansur Hadi, contra os rebeldes huthis.

A última sessão de conversações entre o governo iemenita e os rebeldes, apoiados pelo Irão, decorreu de 15 a 20 de dezembro de 2015, na Suíça, sob mediação da ONU.

A guerra no Iémen provocou perto de 6.300 mortos, cerca de metade civis, segundo a ONU. Os rebeldes controlam a capital Sanaa e largas faixas de território no norte do país.

Lusa

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões de animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.