sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito terrorista detido em Paris foi condenado em julho com líder de ataques

O suspeito de planear um ataque em França preso na quinta-feira à noite perto de Paris tinha já sido condenado na Bélgica, em julho, juntamente com Abdelhamid Abaaoud, o líder dos ataques de novembro na capital francesa.

© Gonzalo Fuentes / Reuters

Segundo revelaram hoje fontes policiais, o homem, identificado como Reda K., foi condenado à revelia em Bruxelas por fazer parte de uma rede de jihadistas que planeavam ir para a Síria, disseram as fontes.

Reda K., de nacionalidade francesa, foi preso em Argenteuil, noroeste de Paris, na noite de quinta-feira com uma pequena quantidade de explosivos.

O Ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, revelou que Reda K. era suspeito de "estar envolvido no plano a alto nível".

"Ele pertence a uma rede terrorista que procurou atingir o nosso país", disse Bernard Cazeneuve, admitindo contudo não haver "provas tangíveis que relacionem esse plano com os ataques ocorridos em Paris ou em Bruxelas".

O ministro acrescentou que o suspeito esteve sob vigilância "durante várias semanas" e que a prisão foi também resultado da "cooperação estreita e permanente entre os serviços europeus".

A prisão surge dois dias depois de 31 pessoas terem sido mortas em ataques suicidas no aeroporto e no metro de Bruxelas, colocando os serviços de segurança de toda a Europa em alerta máximo.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.