sicnot

Perfil

Mundo

Três soldados mortos num ataque na Turquia atribuído ao PKK

Três militares foram mortos e 22 ficaram feridos na quinta-feira à noite num ataque com um carro armadilhado contra uma esquadra da polícia na Turquia, atribuído pelas autoridades ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Emrah Gurel

O ataque visou uma esquadra na localidade de Mermer, numa estrada que liga Diyarbakir, a maior cidade do sudeste da Turquia, de maioria curda, a Bingöl.

Os atacantes conduziram uma carrinha cheia de explosivos contra o edifício e abriram fogo contra os agentes.

Após mais de dois anos de cessar-fogo, o conflito curdo foi retomado no verão passado, causando várias vítimas dos dois lados e matando dezenas de civis.

Um grupo radical dissidente do PKK, os Falcões da Liberdade do Curdistão, reivindicaram dois atentados suicidas que causaram a morte de 65 pessoas e dezenas de feridos, a 17 de fevereiro e 13 de março, no centro de Ancara.

O conflito curdo já fez mais de 40 mil mortos desde 1984.

No sábado passado, um bombista suicida fez-se explodir numa rua turística de Istambul, matando quatro turistas e ferindo três dezenas de pessoas.

Este atentado foi atribuído pelas autoridades ao Daesh.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.