sicnot

Perfil

Mundo

Tropas nigerianas resgatam 829 pessoas que estavam reféns do Boko Haram

As tropas nigerianas libertaram 829 pessoas mantidas reféns pelo grupo Boko Haram, depois de ter desalojado estes combatentes de várias localidades no nordeste do país, anunciou fonte militar na quinta-feira.

Bandeira do grupo Boko Haram.

Bandeira do grupo Boko Haram.

© Joe Penney / Reuters

"As nossas corajosas tropas limparam a zona de Kala Balge dos últimos terroristas do Boko Haram que aí estavam" na quinta-feira, declarou, em comunicado, o porta-voz do exército, Sani Usman.

Segundo este, os soldados "mataram 22 terroristas e limparam 'bolsas' de terroristas em Wumbi, Tunish, Tilem e Malawaji", disse, acrescentando: "As outras localidades são Makaudari, Daima, Buduli, Sadigumo, Jiwe, Sidigeri e as aldeias de Kala".

Disse também que "as tropas socorreram 309 pessoas que estavam reféns dos terroristas",

Ainda segundo o porta-voz, os militares atacaram os combatentes do Boko Haram na localidade de Kusuma e libertaram outros 520 reféns. Três membros da insurreição foram mortos e um feito prisioneiro.

As violências do Boko Haram já causaram pelo menos 17 mil mortos no norte da Nigéria, maioritariamente muçulmano, desde 2009.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04

    Mundo

    A Polícia do Rio de Janeiro deteve uma portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos. Ana Resende fazia-se passar por funcionária do consulado e prometia vistos e outros documentos para tirar dinheiro das vítimas. Esta é a terceira vez que a polícia brasileira detém a portuguesa por acusações de burla.