sicnot

Perfil

Mundo

Tropas nigerianas resgatam 829 pessoas que estavam reféns do Boko Haram

As tropas nigerianas libertaram 829 pessoas mantidas reféns pelo grupo Boko Haram, depois de ter desalojado estes combatentes de várias localidades no nordeste do país, anunciou fonte militar na quinta-feira.

Bandeira do grupo Boko Haram.

Bandeira do grupo Boko Haram.

© Joe Penney / Reuters

"As nossas corajosas tropas limparam a zona de Kala Balge dos últimos terroristas do Boko Haram que aí estavam" na quinta-feira, declarou, em comunicado, o porta-voz do exército, Sani Usman.

Segundo este, os soldados "mataram 22 terroristas e limparam 'bolsas' de terroristas em Wumbi, Tunish, Tilem e Malawaji", disse, acrescentando: "As outras localidades são Makaudari, Daima, Buduli, Sadigumo, Jiwe, Sidigeri e as aldeias de Kala".

Disse também que "as tropas socorreram 309 pessoas que estavam reféns dos terroristas",

Ainda segundo o porta-voz, os militares atacaram os combatentes do Boko Haram na localidade de Kusuma e libertaram outros 520 reféns. Três membros da insurreição foram mortos e um feito prisioneiro.

As violências do Boko Haram já causaram pelo menos 17 mil mortos no norte da Nigéria, maioritariamente muçulmano, desde 2009.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.