sicnot

Perfil

Mundo

Responsável europeu alerta para risco de ciberataques à rede nuclear belga

O coordenador para o antiterrorismo da União Europeia (UE), Gilles de Kerchove, alertou para o risco de os jihadistas cometerem ciberataques nas centrais nucleares da Bélgica e noutras infraestruturas do país, no espaço de cinco anos.

© Vincent Kessler / Reuters

Em entrevista ao jornal Libre Belgique, hoje publicada, De Kerchove diz que é "incapaz de dizer se há falhas na proteção" das centrais nucleares belgas, mas admite que não se surpreenderá que "no futuro, o setor nuclear seja alvo de ciberataques".

"Não creio que o ciber-terrorismo seja já uma realidade, mas não estranharia que nos próximos cinco anos haja tentativas de utilizar a internet para cometer atentados", afirmou, acrescentando que estes ataques poderiam afetar "o centro de gestão de uma central nuclear, de uma barragem, de um centro de controlo do tráfego aéreo ou um sistema de cruzamento de linhas dos caminhos-de-ferro".

Por isso, Gilles de Kerchove considera que é urgente investir no reforço da segurança dos sistemas informáticos de controlo destas infraestruturas, advertindo que "as novas tecnologias podem permitir que um indivíduo isolado possa cometer um atentado de grande escala".

Além disso, o responsável europeu disse também que o Daesh "demonstrou uma enorme sofisticação no uso das redes sociais" e que "há uma geração que nasceu com a internet" e que é aficionada às novas tecnologias.

De Kerchove alertou ainda para a ameaça da "miniaturização dos explosivos e da biotecnologia" e deu mesmo um exemplo: "seria possível, através da biotecnologia de síntese, manipular um vírus do tipo do ébola".

O coordenador para o antiterrorismo da UE adiantou que a Comissão está a refletir sobre a melhor maneira de aumentar a defesa dos Estados Membros a eventuais ciberataques.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.