sicnot

Perfil

Mundo

Secretário-geral da ONU quer fim da violência na Síria

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, apelou, na sexta-feira, em Beirute, ao fim da violência na Síria, onde a guerra iniciada há cinco anos já causou 270 mil mortos e o êxodo de milhões de pessoas.

© Brendan McDermid / Reuters

"É tempo de acabar com a violência (na Síria), de pôr fim às injustiças e de dar às pessoas a oportunidade para construírem uma vida melhor", disse Ban Ki-moon, numa conferência de imprensa, no termo de uma visita de dois dias ao Líbano.

"As Nações Unidas não pouparão esforços para pôr fim ao conflito na Síria nem para chegar a um acordo de paz justo e duradouro no Médio Oriente", disse aos jornalistas o responsável máximo pela ONU.

Ban Ki-moon reuniu-se com os dirigentes libaneses em Tripoli, no norte do país, onde se encontrou com famílias de refugiados sírios, que vivem em condições precárias.

O secretário-geral da ONU era acompanhado do presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, e do presidente do Banco Islâmico do Desenvolvimento, Ahmad al-Madani.

O Líbano acolhe mais de um milhão de refugiados sírios e cerca de 450 mil palestinianos, registados pelas Nações Unidas, o que representa a mais elevada taxa mundial de refugiados por habitante, de acordo com a organização internacional.

Lusa

  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • Reservas de viagens na Páscoa e no verão aumentaram
    1:19

    Economia

    As reservas de viagens no período da Páscoa e do verão aumentaram este ano, tanto para o estrangeiro como para dentro de Portugal. O Algarve, a Madeira e os Açores continuam a ser os destinos de eleição. Os portugueses estão também a marcar férias com mais antecedência, uma das receitas para conseguir melhores preços.

  • Escada rolante inverte sentido e varre dezenas de pessoas
    1:15
  • Sol influencia alterações climáticas na Terra

    Mundo

    As flutuações da atividade solar têm um efeito sobre o clima da Terra, concluiu um estudo de investigadores suíços, que conseguiu, pela primeira vez, estimar a influência do Sol no aquecimento do planeta.