sicnot

Perfil

Mundo

Milhares de pessoas pedem renúncia do vice-presidente brasileiro

A exigência da renúncia ao cargo do vice-presidente brasileiro Michel Temer tornou-se o tópico principal da rede social Twitter no Brasil, após o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) abandonar coligação do governo da Presidente Dilma Rousseff.

© Adriano Machado / Reuters

Além de ser o primeiro na linha sucessória de Dilma Rousseff, Michel Temer também é o presidente nacional do PMDB.

Uma centena de membros do diretório nacional do PMDB anunciaram ao início da tarde de hoje a saída do partido da coligação que sustenta o governo de Rousseff, numa decisão tomada por aclamação.

Logo de seguida, a hashtag "#Renuncia Temer#" começou a ser compartilhada pelos brasileiros. A grande maioria dos utilizadores da rede social escreveu mensagens pedindo para Temer deixar o cargo.

Além de sair da coligação de governo, o PMDB também anunciou que todos os seus membros que possuem cargos, inclusive ministros do partido, que atualmente ocupam seis pastas, deverão deixar o Governo imediatamente.

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.