sicnot

Perfil

Mundo

Mulher de Luaty Beirão diz que a justiça angolana não existe

Mulher de Luaty Beirão diz que a justiça angolana não existe

A mulher de Luaty Beirão, condenado ontem em Luanda a cinco anos e meio de prisão efetiva, ainda não conseguiu falar com o marido. Mónica Almeida sabe apenas que o ativista foi transportado para a prisão de Calomboloca, onde já tinha estado preso.

  • "Os castigos incluiam sovas frequentes e até estrangulamento"
    5:03
  • Documentos envolvem presidente de IPSS em práticas ilegais
    5:45