sicnot

Perfil

Mundo

Sequestrador do avião da Egypt Air terá motivos políticos

Um avião da Egypt Air com 80 pessoas foi sequestrado e desviado para um aeroporto do Chipre. O sequestrador está armado e tem explosivos presos ao corpo. Alguns passageiros já foram autorizados a sair do aparelho.

© Yiannis Kourtoglou / Reuters

Atualizado 11:38

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Chipre identificou o sequestrador através do Twitter como Seif Eldin Mustafa.

A carta que o sequestrador pediu que enviassem à ex-mulher está a ser traduzida.

A polícia confirmou que a ex-mulher, com quem o sequestrador tem 4 filhos, está no aeroporto.

Segundo a televisão pública cipriota, o sequestrador do avião da EgyptAir está a exigir a libertação de prisioneiras no Egito.

Neste momento, continuam 7 pessoas sequestrados no avião, quatro tripulantes e três passageiros.

Fonte do Governo cipriota revelou à Agência AFP que o sequestrador do A-320 da Egypt Air pediu às autoridades para ver a ex-mulher.

O presidente do Chipre Nicos Anastasiades afirma que o sequestro do avião da EgiptAir não está relacionado com terrorismo.

Entretanto, mais 5 passageiros foram libertados. O Ministro dos Negócios Estrangeiros do Chipre e o Twitter da EgyptAir já tinham confirmado a libertação de 56 pessoas.

De acordo com o Governo egípcio o sequestrador queria ir para Istambul, mas o comandante do avião disse que não havia combustível suficiente para realizar a viagem.

As testemunhas afirmam que o sequestrador terá atirado uma carta em árabe para fora do avião a pedir que a entregassem à ex-mulher, que vive no Chipre.

O sequestrador está armado com explosivos.

Um avião da Egypt Air, fazia a ligação entre Alexandria e o Cairo. Foi sequestrado e desviado para um aeroporto do Chipre com 81 passageiros a bordo.

O sequestrador contactou a torre de controlo que deu autorização para aterrar numa zona isolada do aeroporto de Larnaca, na costa sul do Chipre. Uma equipa de gestão de crises foi destacada para o aeroporto.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.