sicnot

Perfil

Mundo

Vêm aí vídeos de 60 segundos no Instagram

Muito em breve, os utilizadores da rede social Instagram poderão publicar vídeos de um minuto, em vez dos atuais 15 segundos. E alguns vão poder juntar vários clips num só vídeo.

© Mario Anzuoni / Reuters

O novos vídeos de um minuto vão estar disponíveis nos próximos meses, anunciou hoje a empresa.

A funcionalidade multi-clip, que permite fazer um vídeo com vários excertos, é um exclusivo para iOS (iPhones e iPads) e estará disponível já a partir de hoje na Apple Store para a versão iOS 7.19.

O objetivo, segundo o Instagram, é proporcionar mais flexibilidade, divertimento e novas formas de criatividade na partilha e visualização dos vídeos.

  • "Espero que num prazo muito breve seja tudo esclarecido"
    1:34

    País

    O ministro do Trabalho e da Segurança Social disse hoje que é preciso aguardar pelo resultado da inspeção que está a ser feita às contas da associação Raríssimas. Vieira da Silva espera que tudo seja esclarecido o mais rapidamente possível.

  • As contradições do (ainda) secretário de Estado da Saúde
    1:58

    País

    Antes do pedido de demissão, o secretário de Estado da Saúde foi, na tarde de terça-feira, confrontado com uma série de novos documentos pela reportagem da TVI. Manuel Delgado é confrontado com uma série de acusações e entra, várias vezes, em contradição.

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.