sicnot

Perfil

Mundo

Homens armados invadem estação de televisão na Líbia

Um grupo de homens armados invadiu hoje a sede da estação de televisão Al- Nabaa em Trípoli, capital da Líbia, cortando as transmissões e forçando a saída dos trabalhadores, segundo dois jornalistas do canal.

"Um grupo de homens armados, alguns deles com uniformes e outros vestidos à civil, invadiram os nossos escritórios e reuniram os funcionários numa sala antes de os expulsar da estação", disse um dos jornalistas à AFP.

Os programas da cadeia Al- Nabaa pararam completamente durante meia hora depois de uma bandeira vermelha aparecer a dizer "Urgente", anunciando que "os filhos e revolucionários de Trípoli fecharam a cadeia televisiva da discórdia e da instigação (ao ódio)", ameaçando perseguir todos aqueles que voltarem ao trabalho.

"Eles levaram-nos para fora das instalações, assumindo o controlo e suspendendo a transmissão. Nenhum de nós ficou ferido", disse à AFP um outro jornalista, sob condição de anonimato.

No início do dia, esta mesma cadeia tinha transmitido as declarações do Khalifa el-Ghweill, chefe das autoridades não reconhecidas pela comunidade internacional no controlo de Trípoli, exigindo que Fayez al- Sarraj - um empresário nomeado primeiro-ministro do governo de união apoiado pela ONU -- deixasse o país.

Sarraj chegou hoje a Trípoli, vindo da Tunísia, com vários membros de seu gabinete.

Os deputados não reconhecidos de Trípoli foram à Al-Nabaa para denunciar a chegada de Sarraj e dos seus ministros, apelidando os oficiais que permitiram a chegada de "traidores".

Um jornalista da Al-Nabaa disse que os homens armados que invadiram o canal "pareciam estar a favor do governo Sarraj".

Lusa

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • "O futuro da Autoeuropa não está em causa"
    0:43

    Economia

    O secretário de Estado do Trabalho apelou a que os partidos não se intrometam nas negociações entre os trabalhadores e a administração da Autoeuropa. Em entrevista à Edição da Noite da SIC Notícias, Miguel Cabrita afastou a hipótese de estar em causa o encerramento da fábrica de Palmela.