sicnot

Perfil

Mundo

Sequestrador do avião da EgyptAir ficou em prisão preventiva

O sequestrador, que ontem desviou avião MS181 da EgyptAir, foi esta manhã a tribunal e vai ficar detido, para já, preventivamente durante oito dias.

Presente a tribunal, Seif Eldin Mustafa foi formalmente acusado pela justiça cipriota de sequestro, posse ilegal de explosivos, rapto e ameaças de violência.

A medida de coação decretada por um juiz cipriota foi de oito dias de prisão preventiva.

O sequestro do voo da EgyptAir, que viajava de Alexandria para o Cairo, acabou por ser desviado para Chipre, onde o homem de 59 anos ameaçou fazer explodir o aparelho com mais de 70 pessoas a bordo.

Foi o próprio procurador do Ministério Público, encarregue da acusação, que falou sobre os motivos que levaram ao sequestro.

Na confissão feita pelo sequestrador à polícia, este explicou que estava há 24 anos sem ver a mulher e os filhos e que o Governo egípcio continuava a impedir o reencontro.

  • Pirata do ar desviou avião da Egypt Air sem explosivos

    Mundo

    O homem que hoje desviou um avião egípcio para Chipre envergava afinal um falso cinto de explosivos. Trata-se de "uma pessoa psicologicamente instável", dizem as autoridades cipriotas. Ainda não sao conhecidas as motivações deste sequestro, que terminou sem incidentes. O pirata do ar rendeu-se ao fim de seis horas.

  • O momento da libertação de alguns passageiros do Egyptair
    1:20

    Mundo

    O voo doméstico MS181 fazia a viagem de Alexandria para Cairo quando foi sequestrado por Ibrahim Samaha. O sequestrador contactou a torre de controlo às 08:30 (06:30 em Lisboa) e o avião teve autorização para aterrar 20 minutos depois no Chipre. Mais de 40 reféns foram libertados cerca de duas horas depois. No avião continuam 4 passageiros estrangeiros e a tripulação.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15