sicnot

Perfil

Mundo

Ministra italiana demite-se após acusações de favorecimento do noivo

A ministra do Desenvolvimento Económico de Itália, Federica Guidi, apresentou hoje a demissão por causa do alegado tráfico de influências para favorecer o seu noivo e as suas empresas no setor petrolífero.

© Remo Casilli / Reuters

Federica Guidi comunicou, em comunicado, a sua decisão ao primeiro-ministro, Matteo Renzi, e recusou as acusações ao assegurar a sua "boa-fé e a forma como trabalhou" no Governo italiano.

"Considero necessário, por uma questão de oportunidade política, apresentar a minha demissão como ministra. Foram anos de um esplêndido trabalho. Continuarei como cidadã e empresária a trabalhar para o bem do nosso maravilhoso país", acrescentou.

A ministra reagiu assim a notícias que asseguraram que o Ministério Público está a investigar o seu noivo por alegadamente ter beneficiado da sua relação com Federica Guidi.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47