sicnot

Perfil

Mundo

Número de mortos em colapso de viaduto na Índia sobe para 21

Pelo menos 21 pessoas morreram na sequência do colapso de uma ponte em construção em Calcutá, na Índia. As autoridades acreditam que pelo menos 150 pessoas permanecem soterradas entre os escombros. As operações de resgate estão a decorrer.

© Rupak De Chowdhuri / Reuters

Centenas de pessoas estão no local do acidente, uma zona muito concorrida no norte de Calcutá, a colaborar com as autoridades de resgate, conforme se pode constatar nas imagens televisivas que estão a ser transmitidas em vários canais indianos.

Os desabamentos são frequentes na Índia, situações provocadas pelo estado precário das infraestruturas e pela falta de manutenção, fatores alimentados pela corrupção e práticas ilegais, como a fraca qualidade dos materiais, que dominam o setor da construção.

Em setembro de 2015, dois trabalhadores foram resgatados com vida após permanecerem nove dias num túnel que ruiu a 47 metros de profundidade no estado indiano de Himachil Pradesh, no norte.

Os desabamentos mais comuns ocorrem, porém, em prédios, como o que em agosto do ano passado causou a morte a 11 pessoas, esmagadas por um muro em construção em Haryana.

Com Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.