sicnot

Perfil

Mundo

EUA realizam ataque contra um dos líderes da "shebab" na Somália

Os Estados Unidos realizaram um ataque aéreo contra um líder da "shebab" na Somália suspeito de ter planeado os ataques contra norte-americanos em Mogadíscio, anunciou hoje o Pentágono.

Militantes Shebab - grupo ligado à Al-Qaeda - patrulham uma rua de Mogadíscio, capital da Somália (AP/ Arquivo)

Militantes Shebab - grupo ligado à Al-Qaeda - patrulham uma rua de Mogadíscio, capital da Somália (AP/ Arquivo)

FARAH ABDI WARSAMEH

"Em cooperação com o Governo federal da Somália, na quinta-feira, os militares dos Estados Unidos realizaram um ataque aéreo contra Hassan Ali Dhoore, um dos líderes da 'shebab'", disse Peter Cook, porta-voz do Pentágono.

O porta-voz explicou que o Pentágono ainda está a avaliar se Hassan Ali Dhoore foi morto durante o ataque.

Os 'shebab', que pretendem derrubar o governo somali apoiado pelas principais potências internacionais e têm ligações à Al-Qaeda, realizam com regularidade ataques na capital do país.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.