sicnot

Perfil

Mundo

Justiça belga acusa 3º homem suspeito de atividades terroristas

O Ministério Público belga acusou hoje um terceiro homem na Bélgica por suspeita de ligação ao alegado jihadista francês Reda Kriket, principal suspeito de preparar um atentado em França.

© Yves Herman / Reuters

O suspeito, sobre quem recaem acusações de participar em atividades de um grupo terrorista, é designado por Y.A., refere em comunicado o Ministério Público, adiantando que o homem tem nacionalidade belga e nasceu a 04 de maio de 1982.

Segundo a imprensa belga, trata-se de Yassine Alami.

A decisão de colocá-lo sob mandado de captura foi decidida na sexta-feira por um juiz de instrução, adianta o comunicado, sem precisar mais detalhes sobre o caso.

Este é o terceiro homem acusado por terrorismo na Bélgica com ligação ao atentando frustrado em França, no passado dia 24 de março.

O nome de Yassine Alami corresponde ao de uma das três pessoas detidas na Bélgica no passado domingo e acusado no dia seguinte sem precisar se estavam relacionados com o atentados em Bruxelas ou com a preparação do atentando em França.

O alegado 'jihadista' Reda Kriket, principal suspeito na investigação de um projeto de atentado frustrado em França, foi formalmente acusado por um juiz antiterrorista na passada quarta-feira.

O cidadão francês, de 34 anos, foi acusado de associação de malfeitores, por ligação a uma organização terrorista criminosa, precisaram as mesmas fontes, citadas pela agência de notícias francesa AFP.

Este caso é distinto da investigação sobre os atentados de Paris e Bruxelas, embora tenham sido estabelecidas algumas ligações entre os protagonistas.

  • Ministra tem condições para ficar?
    1:57
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • Os testemunhos emocionados de quem perdeu quase tudo nos fogos
    2:10
  • A primeira moção de censura ao fim de quase dois anos
    1:42

    País

    O CDS-PP avançou com uma moção de censura ao Governo, perante o que chama de falha do Governo na proteção das pessoas. O PSD apoia a iniciativa. António Costa fala num ato natural da democracia. Esta é a primeira moção de censura que o Governo socialista enfrenta ao fim de quase dois anos de mandato.

  • "Agora é tempo de decidir e executar"
    1:27

    País

    O primeiro-ministro reuniu-se esta terça-feira com os autarcas das zonas mais afetadas pelos incêndios e visitou os feridos, que continuam internados no Hospital de Coimbra. António Costa diz que o tempo das respostas começa agora.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.