sicnot

Perfil

Mundo

Crianças formam seta humana e ajudam polícia a localizar criminosos

Começou por ser uma caça aos ovos da Páscoa, numa sexta-feira santa, e acabou numa caça aos ladrões. Um grupo de crianças de Capel, no sudeste de Inglaterra, deitou-se no chão e fez uma seta humana para dizer aos polícias, que sobrevoavam o local num helicóptero, em que direção tinham ido os criminosos.

Crianças formam seta humana e ajudam polícia a localizar criminosos, em Inglaterra

Crianças formam seta humana e ajudam polícia a localizar criminosos, em Inglaterra

A dupla acabou por ser detida graças a este grupo de crianças que fazia uma caça aos ovos da páscoa.

Tiveram a brilhante ideia de se deitar no chão, formar uma seta humana e apontar a direção dos criminosos.

A tripulação do helicóptero passou rapidamente a informação aos homens que estavam em terra. Pouco depois duas pessoas foram detidas.

A polícia de Surrey considerou a inciativa "muito valiosa" A tripulação do helicóptero, que fez questão de aterrar para agradecer às crianças, teve ainda direito a chocolates. Afinal decorria uma caça aos ovos da Páscoa.

Veja o vídeo:

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.