sicnot

Perfil

Mundo

Dilma diz que "jamais renunciará" ao cargo de Presidente

A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, afirmou no domingo que não se vai demitir, antes do início de uma semana decisiva para o seu futuro no maior país da América Latina.

© Adriano Machado / Reuters

"Jamais renunciarei", diz o comentário publicado na página de Facebook de Dilma Rousseff, em resposta a um editorial publicado no domingo pelo jornal Folha de São Paulo, a pedir que abandone o cargo.

O comentário é acompanhado de um vídeo com partes de discursos proferidos por Dilma Rousseff.

O editorial da Folha de São Paulo, intitulado "Nem Dilma nem temer", afirma que a Presidente perdeu todas as condições para governar e, que por isso, deve renunciar.

Nas últimas semanas, a Presidente brasileira está a realizar uma campanha quase que diária pela sobrevivência política do seu Governo, fazendo ataques aos opositores durante discursos e em atos públicos.

Dilma Rousseff e os seus apoiantes têm reiteradamente classificado o pedido de 'impeachment' como um "golpe à democracia" porque, segundo eles, não há base legal para validar o processo de destituição que está a ser analisado pela Câmara dos Deputados.

A chefe de Estado do Brasil foi formalmente acusada de ter cometido um crime de responsabilidade, previsto como motivo de 'impeachment' na Constituição brasileira, porque o seu governo teria usado dinheiro de bancos públicos para mascarar as contas públicas numa manobra conhecida no país como "pedaladas fiscais".

Lusa

  • Dilma afasta ministro do Desporto do Governo
    1:30

    Mundo

    Dilma Rousseff afastou o ministro do Desporto do Governo, a quatro meses dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. George Hilton foi o centro das atenções desde que trocou de partido para se manter no Governo brasileiro. O novo ministro é Ricardo Leyser, o funcionário do ministério responsável pela organização dos Jogos Olímpicos.

  • Juiz pediu desculpa por ter divulgado as escutas de Dilma e Lula
    2:16

    Operação Lava Jato

    O juiz da investigação Lava Jato pediu desculpa por ter divulgado as escutas de Lula da Silva e Dilma Rousseff. O juiz garante que não tinha intenção de provocar mais polémicas num momento em que a Presidente enfrenta a maior crise política brasileira dos últimos anos.Dilma Roussef perdeu o apoio do Partido do Movimento Democrático Brasileiro que decidiu sair da coligação de governo o que fragiliza ainda mais a posição da chefe de Estado.

  • Greve na saúde adia milhares de exames e consultas
    2:17
  • Momentos da história de João Ricardo
    10:37
  • Mulher salva dos carris segundos antes de chegar comboio
    0:34
  • Os 72 golos de mais uma noite de Liga Europa

    Liga Europa

    Os 16 avos-de-final da Liga Europa começam a ganhar forma. São já 16 as equipas apuradas para a próxima fase da competição, entre elas o Sporting de Braga, que somou mais uma vitória. Em sentido inverso, o Vitória de Guimarães saiu derrotado de Salzburgo e ficou mais longe da qualificação. A 5.ª jornada da fase de grupos jogou-se esta quinta-feira e ao todo marcaram-se 72 golos. Estão todos aqui, para ver ou rever.

  • Vodafone Mexefest arranca hoje
    2:29