sicnot

Perfil

Mundo

Google suprime uma aplicação dos talibãs afegãos para telemóveis

O Google retirou uma aplicação dos talibãs para telemóveis da sua loja na Internet, anunciou hoje o grupo tecnológico, três dias após a colocação desta aplicação destinada a reforçar a reforçar a presença do movimento islamita na Internet.

© Arnd Wiegmann / Reuters

O "departamento tecnológico" dos talibãs, que lançou esta aplicação na sexta-feira em língua pashtun sob o designação de Alemarah, trabalha igualmente numa versão em língua farsi, precisou na sexta-feira à agência noticiosa France-Presse Zabihullah Mujahid, porta-voz dos talibans, que hoje esteve incontactável. Em comunicado, o Google confirmou ter retirado o programa.

Esta campanha para se alargar na rede, revelada pelo SITE Intelligence Group, especialista na vigilância de páginas eletrónicas islamitas, destina-se reforçar a presença desde movimento, que já dispõe de uma página na Internet em cinco línguas, incluindo o inglês.

Os talibãs organizam regularmente atentados e ataques contra as forças de segurança no Afeganistão.

Lusa

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Costa confiante no crescimento da economia e das exportações
    1:09

    Economia

    O primeiro-ministro manifestou confiança no crescimento da economia e das exportações. À margem da cerimónia dos 25 anos da Auto Europa em Portugal, António Costa deu vários exemplos de investimento estrangeiro, feito nas últimas semanas no país, e disse que os dados económicos recentes são positivos.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47
  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.