sicnot

Perfil

Mundo

Kremlin diz que Putin e a Rússia são alvos da investigação "Panama Papers"

A presidência russa afirmou hoje que a investigação internacional sobre paraísos fiscais, designada "Papéis do Panamá", assenta em invenções e falsificações e visa desestabilizar a Rússia.

reuters

"Embora o presidente Putin não figure de facto [na investigação], é claro que o alvo principal é Putin, a Rússia, o nosso país, a nossa estabilidade e as próximas eleições. Trata-se de desestabilizar o país", afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

O porta-voz afirmou que não há "nada de concreto ou de novo" sobre o presidente russo, Vladimir Putin, atribuindo as referências ao seu nome como consequência de uma "Putinofobia": "O nível de Putinofobia chegou a um nível tal que é impossível dizer qualquer coisa positiva sobre a Rússia 'a priori'", disse.

Peskov disse ainda que a investigação foi realizada por ex-membros da CIA ou do Departamento de Estado norte-americano: "Conhecemos esta denominada comunidade jornalística", disse, referindo-se ao Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação, que divulgou os "Papéis do Panamá". "Há muitos jornalistas cuja profissão principal é improvável que seja o jornalismo, muitos antigos membros do Departamento de Estado, da CIA e de outros serviços especiais".

O porta-voz recusou comentar as informações contidas nos documentos, afirmando haver "falta de pormenores" e serem "baseadas em alegações e especulações": "Com base no que disse, não queremos responder e não vamos responder".

A investigação, já considerada a maior fuga de informação de sempre, com 11,5 milhões de documentos, lista bens registados em paraísos fiscais de centenas de pessoas, entre as quais 140 dirigentes ou ex-dirigentes políticos.

Na lista figuram vários colaboradores e amigos do presidente russo, mas o nome de Putin não consta da lista.

Os documentos, sobre cerca de 214.000 empresas 'offshore', são provenientes da empresa Mossack Fonseca, uma sociedade de advogados com sede no Panamá e escritórios em mais de 35 países

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.