sicnot

Perfil

Mundo

Mais de um milhão de moçambicanos estão em situação de insegurança alimentar

Cerca de 1,4 milhões de pessoas estão em situação de insegurança alimentar devido à seca em Moçambique e o Governo moçambicano precisa 13 milhões de dólares (11 milhões de euros) mensais para responder às necessidades das populações afetadas.

© Eldson Chagara / Reuters

"É uma situação preocupante e estamos a trabalhar, em conjunto com os nossos parceiros, para responder às necessidades das pessoas afetadas", disse hoje o diretor-geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), João Machatine, falando à imprensa, momentos após uma reunião com parceiros de apoio em Maputo.

De acordo com os dados do INGC, as províncias do centro e do sul de Moçambique são as mais afetadas pelas calamidades e menos de 10% dos camponeses conseguiram ter resultados no primeiro período da época agrícola.

Para responder às necessidades das populações afetadas, prosseguiu João Machatine, o Governo moçambicano precisa de três mil toneladas de cereais e duas mil toneladas de feijão por mês, uma quantidade de produtos avaliada em 13 milhões de dólares (11 milhões de euros).

"Estamos a tentar elaborar um plano conjunto de resposta", declarou, acrescentando, sem detalhes, que já há parceiros que manifestaram vontade de aumentar o nível de apoio.

Durante a reunião de hoje, de acordo com o diretor-geral do INGC, a equipa humanitária para Moçambique, integrada pela Unicef e pela FAO, garantiu que iria mobilizar 103 milhões de dólares (90 milhões de euros) para apoiar as pessoas afetadas pela estiagem, nos domínios da alimentação e da agricultura.

João Machatine assinalou ainda que os planos do Governo moçambicano vão valorizar o apoio alimentar e o abastecimento de água e, no contexto destas estratégias, 61 furos de água foram abertos nas províncias de Inhambane e Gaza.

No que respeita às cheias, que normalmente assolam o país neste período do ano, o diretor-geral do INGC disse que cerca de 10 mil pessoas foram afetadas desde janeiro, principalmente do norte do país, mas nenhum óbito diretamente ligado a este desastre natural foi registado.

"Quanto às cheias, conseguimos controlar a situação e podemos dizer que o balanço é positivo", declarou João Machatine.

Moçambique é sazonalmente atingido por cheias, fenómeno justificado pela sua localização geográfica, a jusante da maioria das bacias hidrográficas da África Austral, mas o sul do país é igualmente afetado por secas prolongadas e que este ano atingem também províncias da região centro.

Lusa

  • Jorge Sampaio dá as boas-vindas a 54 estudantes sírios que chegaram esta madrugada a Lisboa
    0:30

    País

    O avião da Força Aérea Portuguesa vindo de Beirute aterrou no Aeroporto Militar Figo Maduro, em Lisboa, às 4h30. Estes estudantes vão, numa primeira fase, frequentar um curso intensivo de português. Depois serão integrados em universidades e politécnicos de Lisboa, no âmbito do programa de bolsas de estudo de emergência para estudantes sírios dirigido por Jorge Sampaio.

  • Carlos César promete reforço da transparência de titulares de cargos políticos
    2:13

    País

    O recém re-eleito presidente do PS apontou reforço da transparência de titulares de cargos políticos como uma das prioridades do partido, no discurso que fez esta mmanhã no congresso socialista. Enquanto isso, à porta do Centro de Exposições da Batalha, lesados do BES esperavam Costa e César para exigir o cumprimento de promessa.

  • "Acabámos com o mito de que é a direita que sabe governar as finanças públicas"
    2:15
  • Conselhos sobre as novas regras de proteção de dados 
    2:08
  • Protestos em Gaza vão continuar promete Hamas
    1:19

    Mundo

    Na fronteira da Faixa de Gaza com Israel, dezenas de palestinianos ficaram feridos noutra sexta-feira de protesto contra o bloqueio israelita. O Hamas que controla o território diz que as manifestações vão continuar apesar da repressão.

  • Jogo é a 3.000 km de Madrid mas em Santiago de Bernabéu está tudo a postos para a festa
    1:49
  • Restaurantes para grávidas, rooftops e uma viagem pelo Douro vinhateiro
    12:58