sicnot

Perfil

Mundo

Imagens de satélite mostram atividade em complexo nuclear norte-coreano

Novas imagens por satélite mostraram fumo a sair das instalações nucleares norte-coreanas de Yongbyon, publica hoje a rede especializada 38 North, que qualifica de "suspeitos" estes indícios de atividade.

http://38north.org/

As imagens, captadas nas últimas cinco semanas, mostram várias saídas de fumo no laboratório radioquímico de Yongbyon, o que constitui "uma atividade fora do comum" neste complexo considerado a principal fonte de plutónio para abastecer o programa de desenvolvimento de armas nucleares de Pyongyang.

As colunas de fumo "sugerem que está a ser levada a cabo alguma atividade significativa nesta altura ou preparativos para realizá-la em breve", refere a rede, que acrescenta que não é claro "se se trata da separação de plutónio para uso em armas nucleares".

Estes indícios vão em linha com as declarações no início de fevereiro do diretor nacional de Inteligência dos Estados Unidos, James Clapper, que estimou que a Coreia do Norte poderia obter de Yongbyon plutónio para bombas "numa questão de semanas ou meses".

Não obstante, outras imagens por satélite divulgadas no início de março mostravam que o reator nuclear de Yongbyon estava a funcionar "em baixo rendimento ou de forma intermitente", segundo analistas do Instituto para a Ciência e Segurança Internacional (ISIS).

Lusa

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • PSP descentraliza a regularização de armas
    3:55

    País

    A PSP de Bragança percorreu os 12 concelhos do distrito ao encontro dos proprietários de armas com vista à sua regularização. A iniciativa, que pretende evitar a deslocação das pessoas à capital de distrito, teve uma forte adesão.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.