sicnot

Perfil

Mundo

55 anos, avó e agora mãe de trigémeos

Uma avó britânica de 55 anos foi mãe de trigémeos depois de submeter-se a um tratamento de fertilização "in vitro" (FIV), que pagou com o recurso a um empréstimo, anunciaram hoje fontes médicas.

Sharon Cutts, antes da gravidez

Sharon Cutts, antes da gravidez

A enfermeira Sharon Cutts, avó de quatro netos, e o seu companheiro, Stuart Reynolds, de 40 anos, receberam em março os pequenos Mason, Ryan e Lily, que se juntaram a outros filhos que a mulher teve de uma relação anterior.

"Não me importa nada que os bebés sejam mais novos que os meus netos. Só quer dizer que têm mais companheiros para brincar", afirmou Cutts ao tabloide britânico "The Sun", citado pela Efe.

A avó de Lincolnshire (este do Reino Unido) esteve desde sempre consciente de que era possível que viesse a ter uma gravidez múltipla, uma vez que os médicos lhe implantaram quatro embriões para ter maiores possibilidades de conceção.

"Quando, numa das ecografias, nos disseram que havia três corações a bater chorei de alegria", disse Sharon Cutts.

O serviço nacional de saúde britânico (NHS) apenas realiza o método de FIV a mulheres com idade inferior a 42 anos, pelo que Cutts começou por recorrer a uma clínica privada em Londres, onde o tratamento não teve êxito.

O casal viajou então para o Chipre, onde esta prática se realiza em mulheres com idade até aos 60 anos, e desta feita o tratamento foi bem-sucedido.

Para pagar o tratamento, o casal recorreu a um empréstimo de 15 mil libras (18.662 euros).

Depois de várias semanas de complicações, em que Sharon Cutts foi aconselhada a abortar um dos fetos devido a problemas de gravidez decorrentes da sua idade, os bebés nasceram de cesariana.

Durante a gravidez, Cutts recorreu ainda a práticas de cirurgia plástica. Injectou Botox e colocou extensões para "estar radiante quando os bebés nascessem".

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.