sicnot

Perfil

Mundo

Cadela que perdeu a perna no Afeganistão condecorada

Lucca estava ao serviço dos Fuzileiros dos Estados Unidos da América, quando perdeu uma perna à procura de bombas. Quatro anos depois recebeu a medalha Dickin em Londres. A pastora alemã participou em mais de 400 missões no Iraque e no Afeganistão.

Frank Augstein

Frank Augstein

Frank Augstein

PDSA / HANDOUT

DAVID TETT / HANDOUT

DAVID TETT / HANDOUT

A cadela de 12 anos descobria explosivos, protegendo assim os milhares de militares que se encontravam no terreno. Durante as suas missões, Lucca não deixou que nenhum militar morresse.

Na última patrulha no Afeganistão em 2012, Lucca descobriu uma bomba com 13 quilos e enquanto procurava por mais, acabou por ser atingida por uma segunda bomba.

Perdeu a perna esquerda, mas sobreviveu.

O dono Christopher Willingham acompanhou Lucca a Londres, onde recebeu a condecoração pela bravura demonstrada.

A medalha Dickin foi criada em 1943 e só foi atribuída a 66 animais. A condecoração é considerada o equivalente animal da Cruz Vitória e é entregue aos animais que praticam atos de bravura e/ou demonstram devoção ao dever.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC