sicnot

Perfil

Mundo

WhatsApp anuncia ter conseguido encriptação total

A aplicação WhatsApp anunciou a utilização de uma "encriptação total", um passo que aumenta a privacidade dos utilizadores, mas que pode gerar conflitos legais.

© Thomas White / Reuters

A aplicação móvel do Facebook, que tem mil milhões de utilizadores em todo o mundo, fez este anúncio semanas depois de um intenso debate sobre os esforços das autoridades norte-americanas para obrigar a Apple a desbloquear um iPhone encriptado.

"A WhatsApp sempre deu prioridade a que os seus dados e comunicações fossem tão seguros quanto possível", refere um comentário, colocado no blogue dos co-fundadores da WhatsApp Jan Koum and Brian Action.

"E hoje estamos orgulhosos em anunciar que concluímos uma aplicação tecnológica que faz da WhatsApp um líder na proteção da sua comunicação privada: a encriptação total", lê-se no comentário.

Isto significa que "quando se envia uma mensagem, a única pessoa que pode lê-la é a pessoa ou o grupo de 'chat' para quem foi enviada", refere.

"Ninguém pode ver o conteúdo da mensagem. Nem os cibercriminosos, nem os regimes opressivos, nem mesmo nós", adianta.

Desenvolvida por empresas de tecnologia com vista à obtenção de uma encriptação para a qual nem mesmo as próprias companhias conseguem obter "chaves" para a desbloquear, esta aplicação desencadeou críticas nos círculos de aplicação da lei sob a fundamentação de que tal cria espaços "à prova de mandado" para criminosos e outros.

Os comentários foram colocados no blogue dos co-fundadores da WhatsApp Jan Koum and Brian Action e referem a criptografia como uma ferramenta importante para os utilizadores.

"Vivemos num mundo em que os dados são digitalizados como nunca o foram", acrescentam.

"Todos os dias vemos histórias sobre dados sensíveis que foram roubados. E, se nada for feito, a informação digital das pessoas estará mais vulnerável a ataques nos próximos anos. Felizmente, a encriptação total protege-nos dessas vulnerabilidades", sublinham.

A WhatsApp está envolvida numa batalha judicial semelhante à que envolve Apple, que tentou obter permissão federal para desbloquear um iPhone usado por um dos atiradores de San Bernardino.

Outros relatos referem que a aplicação WhatsApp e a designada Telegram foram utilizadas pelos autores dos atentados de 13 de novembro em Paris, que causaram 130 mortos.

Uma ampla coligação de empresas de tecnologia e ativistas argumentaram contra quaisquer regras de criptografia que permitissem "acesso especial" para aplicação da lei, alegando que estas causariam vulnerabilidades que podiam ser exploradas por ´hackers` ou governos repressivos, assim como podiam ameaçar a segurança das transações bancárias, o comércio eletrónico e segredos comerciais entre outros.

Em 2014, o Facebook anunciou ter adquirido a WhatsApp por 19 biliões em dinheiro e ações.

Segundo especialistas, a WhatsApp é particularmente popular em países da América Latina, Ásia e América, onde é usada em substituição das redes de telecomunicações oficiais.

Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.