sicnot

Perfil

Mundo

Ativista crítico do islamismo espancado até à morte no Bangladesh

Um estudante de Direito que publicou um comentário contra o islamismo no Facebook foi assassinado no Bangladesh, no mais recente caso de ativistas ou autores de blogues laicos mortos no país, informou hoje a polícia.

Nazimuddin Samad, de 28 anos, será o quinto ativista, autor de blogue laico, a ser assassinados por radicais islâmicos no Bangladesh.

Nazimuddin Samad, de 28 anos, será o quinto ativista, autor de blogue laico, a ser assassinados por radicais islâmicos no Bangladesh.

Dhaka Tribune

Três atacantes golpearam Nazimuddin Samad na cabeça com um machete na noite de quarta-feira. "Quando ele caiu, um deles disparou uma pistola quase à queima-roupa. Morreu no local", afirmou o vice-comissário da polícia metropolitana de Daca, Syed Nurul Islam, à agência noticiosa AFP.

As autoridades suspeitam que Nazimuddin Samad, de 28 anos, fosse perseguido pelas suas declarações contra o islamismo e por ter defendido a pena capital contra os responsáveis por crimes de guerra, nomeadamente no conflito contra o Paquistão, na luta pela independência, em 1971.

Esta será a quinta morte de ativistas, autores de blogues laicos, que terão sido assassinados por radicais islâmicos.

Até agora nenhum grupo reivindicou o ataque. Sabe-se que após os autores da agressão gritaram "Alá é grande" enquanto fugiam os três numa só motorizada.

Amigos e colegas de Samad reuniram-se na Universidade de Jagannath, em Dhaka, onde o jovem frequentava o curso de Direito e onde tinha tido uma aula pouco antes do ataque. Consternados, os companheiros de Samad inundaram a sua página de Facebook com mensagens que espelham a indignação e revolta perante este bárbaro ataque.

"Isto é muito triste, estamos a ver como conseguiremos ajudar a família neste fase tão difícil", disse à Associated Press o reitor da universidade, Nur Mohammad.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • Sol e calor ficam para o Natal
    1:50

    País

    Com o Natal à porta, o sol teima em ficar um pouco por todo o país. Até a norte as temperaturas estão altas para esta época do ano com o distrito do Porto a rondar os 18 graus.

  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10