sicnot

Perfil

Mundo

Prisão perpétua para duas adolescentes inglesas que mataram mulher em casa

Duas adolescentes que espancaram uma mulher até à morte, em Inglaterra, e depois pediram uma boleia à polícia foram hoje condenadas a prisão perpétua, com pelo menos 15 anos de cumprimento da pena na cadeia.

© Toby Melville / Reuters

As duas raparigas, que tinham 13 e 14 anos na altura do ataque, foram acusadas, na terça-feira, de usarem várias armas, incluindo uma mesa de café e uma impressora para cometerem o crime, na casa da vítima, em dezembro de 2014.

A vítima, Angela Wrightson, com 39 anos, foi encontrada com mais de cem ferimentos no corpo, na sala, coberta de sangue, da sua casa, situada na cidade industrial de Hartlepool.

As duas saíram hoje da sala do tribunal a chorar, após ouvirem a sentença, no final do julgamento, que se prolongou por sete semanas.

Entre as armas utilizadas no ataque inclui-se uma televisão, uma pá, peças de decoração e uma chaleira. A mulher foi presa e torturada.

Durante o assalto, uma das raparigas falou com um amigo através da rede social Facebook, que a ouviu dizer: "Força. Esmaga-lhe a cabeça. Tritura-a".

As raparigas, agora ambas com 15 anos, chamaram a polícia cerca das 02:00 para conseguir uma boleia para casa.

Na carrinha da polícia, as raparigas publicaram uma fotografia na rede social Snapchat com a mensagem: "Eu... atrás, na carrinha da bófia [polícia] outra vez".

O procurador Gerry Wareham afirmou que as raparigas mostraram poucos remorsos.

"Na nossa sociedade, é difícil imaginar que duas raparigas tão jovens sejam capazes de tamanha violência", disse.

"Dada a crueldade do ataque à senhora Wrightson, podia-se pensar que as raparigas mostrassem algum remorso na sequência da sua morte. Pelo contrário, elas riram-se e sorriram enquanto tiravam uma 'selfie'", considerou.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.