sicnot

Perfil

Mundo

Último médico da cidade síria de Zabadani morto por atirador

Mohammed Khous foi morto por um atirador no passado mês de março quando terminava mais uma cirurgia num hospital de campanha e se preparava para descansar em casa do filho. A morte do médico, de 70 anos, o último de Zabadani está a gerar a indignação popular, várias manifestações alertaram a comunidade internacional para a situação vivida nesta cidade situada no sul da Síria, próximo da fronteira com o Líbano.

Zabadani, antiga estância turística da Síria, tem sido palco de manifestações de protesto que visam alertar para asituação vivida na cidade sitiada.

Zabadani, antiga estância turística da Síria, tem sido palco de manifestações de protesto que visam alertar para asituação vivida na cidade sitiada.

STR

STR

Zabadani é palco de confrontos entre forças governamentais sírias e milícias do Hezbollah. De acordo com as Nações Unidas, quase meio milhão de sírios estão presos em cercos e as comitivas de ajuda humanitária só conseguiram chegar a cerca de 30% desses locais este ano. A maioria está sitiada pelas tropas de Bashar al-Assad e outros cerca de 200 mil pelo Daesh.

A falta de acessos a bens básicos contribuiu para que várias dezenas de pessoas morressem de fome ou doenças relacionadas com desnutrição.

Há registo de diversas vítimas dos atiradores que circundam a cidade. Um cerco das forças governamentais envolve Zabadani e impede a assistência médica no local. Mohammed Khous, médico admirado pela sua generosidade e pela sua capacidade como cirurgião multifacetado, também não resistiu à bala que sobre ele foi cirurgicamente disparada.

Perdendo o último médico, a cidade sitiada de Zabadani ficou ainda mais desprotegida. O caso alertou as autoridades internacionais.

As Nações Unidas anunciaram ontem que estão a preparar um plano para retirar os doentes e os feridos de quatro cidades sírias sitiadas durante a próxima semana.

Jan Egeland, que lidera o grupo de trabalho dedicado à ajuda humanitária para a Síria, afirmou que uma evacuação médica "de grande dimensão" está a ser planeada para Madaya e Zabadani, duas cidades próximas da capital síria de Damasco sitiadas pelas forças do regime e seus aliados, e para Foua e Kefraya, cercadas pelos rebeldes na região noroeste da Síria.

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.