sicnot

Perfil

Mundo

Bernie Sanders vence primárias no Wyoming

Bernie Sanders continua numa maré de vitórias, desta vez o candidato venceu as primárias democratas no estado do Wyoming.

Bernie Sanders, candidato democrata às eleições presidenciais dos EUA

Bernie Sanders, candidato democrata às eleições presidenciais dos EUA

© Brian Snyder / Reuters

Das últimas nove votações, é a oitava vez que o senador de Vermont supera Hillary Clinton.

Ainda assim, a vitória no Wyoming é pouco expressiva para a corrida presidencial de novembro. Sanders ganhou apenas mais 14 delegados aos 2 mil 383 que precisa para garantir a nomeação democrata à Casa Branca.

Hillary Clinton continua à frente com mais de metade do número de delegados necessário conquistado.

Bernie Sanders garante que a candidatura tem vindo a ganhar impulso para fazer frente à ex-secretária de Estado.

O senador está em campanha em Nova Iorque, para as próximas primárias de dia 19, e garante estar preparado para as eleições no Estado, que é um dos mais importantes da corrida às presidenciais.

  • Sanders e Cruz vencem primárias no Wisconsin
    2:33

    Mundo

    Bernie Sanders e Ted Cruz venceram as primárias no Wisconsin. A vitória já era prevista pelas últimas sondagens no Estado, mas que não é suficiente para que os dois candidatos passem para a frente da corrida à Casa Branca.

  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabina e 170 pilotos.

  • Trump remarca encontro com Kim Jong-un no Twitter
    2:33

    Mundo

    A Coreia do Sul e a Coreia do Norte reuniram-se pela segunda vez em menos de um mês. Os Presidentes dos dois países dizem que estão a cooperar para que a cimeira entre Washington e Pyongyang, em Singapura, seja um sucesso. Donald Trump regressou ao Twitter para remarcar a cimeira a 12 de junho.