sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 100 mortos e 300 feridos em incêndio num templo na Índia

Centenas de pessoas estavam reunidas a celebrar o Ano Novo Hindu. Durante as celebrações, houve uma exibição de fogo de artifício. Uma faísca atingiu um lote separado de foguetes, provocando o incêndio.

O incêndio deflagrou por volta das 03:30 locais, quando fiéis se reuniam para celebrar o festival Vishu, no templo Puttingal.

O incêndio deflagrou por volta das 03:30 locais, quando fiéis se reuniam para celebrar o festival Vishu, no templo Puttingal.

© Sivaram V / Reuters

O templo ficou destruído com o incêndio

O templo ficou destruído com o incêndio

© Sivaram V / Reuters

Centenas de pessoas concentraram-se junto ao templo durante a manhã

Centenas de pessoas concentraram-se junto ao templo durante a manhã

© Sivaram V / Reuters

O incêndio deflagrou por volta das 03:30 locais, quando fiéis se reuniam para celebrar o festival Vishu, no templo Puttingal.

O incêndio deflagrou por volta das 03:30 locais, quando fiéis se reuniam para celebrar o festival Vishu, no templo Puttingal.

© Sivaram V / Reuters

O incêndio deflagrou por volta das 03:30 locais, quando fiéis se reuniam para celebrar o festival Vishu, no templo Puttingal.

O incêndio deflagrou por volta das 03:30 locais, quando fiéis se reuniam para celebrar o festival Vishu, no templo Puttingal.

© Sivaram V / Reuters

O incêndio deflagrou por volta das 03:30 locais, quando fiéis se reuniam para celebrar o festival Vishu, no templo Puttingal.

O incêndio deflagrou por volta das 03:30 locais, quando fiéis se reuniam para celebrar o festival Vishu, no templo Puttingal.

© Sivaram V / Reuters

O fogo espalhou-se rapidamente e as vítimas ficaram presas no templo.

O acidente ocorreu por volta das 03:30, 22:30 em Portugal.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.