sicnot

Perfil

Mundo

Cinco detidos após tragédia em templo indiano

A polícia deteve hoje para interrogatório cinco trabalhadores de um templo no sul da Índia, onde uma explosão durante um espetáculo de fogo-de-artifício fez mais de uma centena de mortos no domingo.

Aijaz Rahi

A explosão ocorreu quando milhares de indianos celebravam o festival Vishu num templo hindu de Puttingal Deva.

"Cinco trabalhadores foram detidos para interrogatório", disse o chefe da polícia do distrito de Kollam, P. Prakash, à agência AFP por telefone.

"Não são detenções formais. Só depois de interrogados saberemos o seu eventual envolvimento e tomaremos medidas adicionais", realçou.

Segundo o mesmo responsável, a polícia vai investigar quem foi responsável por levar o espetáculo de fogo-de-artifício avante apesar de as autoridades locais terem negado autorização.

O Governo de Kerala ordenou a abertura de um inquérito à tragédia e a polícia avançou com um processo-crime contra as autoridades do templo.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, considerou que a tragédia é um "choque muito maior do que as palavras".

Lusa

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29