sicnot

Perfil

Mundo

Norte-americana Boeing discute venda de aviões novos ao Irão

A construtora de aviões norte-americana Boeing discutiu a venda de aviões novos ao Irão, durante uma visita de uma delegação de dirigentes da empresa a Teerão, indicou esta segunda-feira à agência AFP uma fonte próxima do processo.

Arquivo

Arquivo

Koji Sasahara

"Os encontros que tivemos com as companhias aéreas (iranianas) são uma etapa num processo que conta com várias (etapas)", afirmou, por sua vez, o porta-voz da Boeing, John Dern.

O responsável acrescentou que a empresa "debateu as capacidades dos seus aviões comerciais e dos serviços pós-venda com as companhias aéreas iranianas reconhecidas pelo governo norte-americano".

Segundo John Dern, qualquer acordo estará "condicionado à aprovação" por parte do executivo de Barack Obama.

Em fevereiro, a Boeing obteve luz verde da parte das autoridades norte-americanas para encetar contactos com as empresas iranianas, mas requer de uma licença especial suplementar para lhes vender os seus aviões.

De acordo com a autoridade iraniana de aviação civil, o Irão necessita, nos próximos dez anos, de 400 a 500 aviões comerciais, para modernizar a sua frota, composta atualmente por 140 aparelhos, com uma média de 20 anos.

Lusa

  • "É preciso despartidarizar o sistema de Proteção Civil", diz Duarte Caldeira
    2:47
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • Arcebispo de Braga pede responsabilidades pelos incêndios
    1:40

    País

    Braga também sofreu um dos mais violentos incêndios dos últimos anos. O fogo descontrolado atravessou várias freguesias e destruiu duas empresas. A igreja, pela voz do arcebispo de Braga, pede ação e o apuramento de responsabilidades, face a esta calamidade.

  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06