sicnot

Perfil

Mundo

Norte-americana Boeing discute venda de aviões novos ao Irão

A construtora de aviões norte-americana Boeing discutiu a venda de aviões novos ao Irão, durante uma visita de uma delegação de dirigentes da empresa a Teerão, indicou esta segunda-feira à agência AFP uma fonte próxima do processo.

Arquivo

Arquivo

Koji Sasahara

"Os encontros que tivemos com as companhias aéreas (iranianas) são uma etapa num processo que conta com várias (etapas)", afirmou, por sua vez, o porta-voz da Boeing, John Dern.

O responsável acrescentou que a empresa "debateu as capacidades dos seus aviões comerciais e dos serviços pós-venda com as companhias aéreas iranianas reconhecidas pelo governo norte-americano".

Segundo John Dern, qualquer acordo estará "condicionado à aprovação" por parte do executivo de Barack Obama.

Em fevereiro, a Boeing obteve luz verde da parte das autoridades norte-americanas para encetar contactos com as empresas iranianas, mas requer de uma licença especial suplementar para lhes vender os seus aviões.

De acordo com a autoridade iraniana de aviação civil, o Irão necessita, nos próximos dez anos, de 400 a 500 aviões comerciais, para modernizar a sua frota, composta atualmente por 140 aparelhos, com uma média de 20 anos.

Lusa

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13
  • Criança irrequieta domina noticiário britânico
    1:19