sicnot

Perfil

Mundo

Telescópio espacial Kepler está com problemas a 120 milhões de km da Terra

O telescópio espacial Kepler entrou em modo de emergência, o que significa que está com problemas, anunciou a NASA.

Desenho do telescópio espacial Kepler

Desenho do telescópio espacial Kepler

NASA

Os responsáveis pela missão Kepler descobriram que o telescópio estava com problemas depois do contacto feito a 7 de abril. Em comunicado, explicam que no modo de emergência é utilizado muito combustível para a prioridade que é a recuperação.

Arranjar o telescópio não é tarefa fácil. A tal distância a comunicação é muito lenta. "Mesmo à velocidade da luz, demora 13 minutos para o sinal viajar até ao aparelho e voltar", explica a NASA.

Kepler, que atualmente está a mais de 120 milhões de quilómetros de distância de casa, tem como missão procurar planetas como a Terra que orbitem em redor de estrelas semelhantes ao nosso Sol. Foi lançado pela NASA em 2009 e já detetou 5000 exoplanetas.

  • NASA anuncia descoberta de "primo mais velho da Terra"

    Mundo

    A NASA anunciou hoje que descobriu um planeta semelhante à Terra que orbita em volta de uma estrela parecida com o Sol, à mesma distância. A conclusão foi obtida graças às observações feitas pelo telescópio Kepler e o exoplaneta batizado Kepler 452b.

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.