sicnot

Perfil

Mundo

Três passageiros chineses proibidos de viajar de avião por mau comportamento

A China proibiu três cidadãos do país de viajar nas principais companhias aéreas por "comportamento incivilizado", noticiou hoje a imprensa estatal, numa altura em que Pequim tenta incutir maneiras nos turistas chineses, os mais numerosos do mundo.

Arquivo reuters

Os três foram penalizados por atacar um agente de segurança no ponto de controlo com uma lata de leite, agredir funcionários da companhia aérea e recusar-se a desligar o computador portátil durante a aterragem, avança o jornal oficial China Daily.

São os primeiros nomes a fazer parte do sistema criado em fevereiro passado pela China Air Transport Association, e passam a estar impossibilitados de reservar voos com as cinco maiores companhias aéreas do país nos próximos dois anos.

As autoridades chinesas classificaram, no ano passado, 11 tipos de atitudes em terminais e aviões como "estritamente proibidas", incluindo danificar as instalações de segurança do aeroporto ou agredir membros da tripulação, destaca o China Daily.

Nos últimos anos, vários casos de comportamento impróprio foram noticiados.

Em janeiro passado, 25 passageiros foram detidos pela polícia para interrogatório depois de se terem envolvido em escaramuças com membros da tripulação na sequência de um atraso devido ao mau tempo e de terem aberto as saídas de emergência.

Em 2013, um funcionário do Governo desatou a esmagar computadores no balcão de embarque e tentou partir uma janela com uma tabuleta, depois de ter perdido dois voos.

Em 2014, uma disputa motivada pela disposição dos assentos levou uma passageira a despejar uma taça de macarrão com água a ferver numa hospedeira de bordo e a desatar ao murro nas janelas da cabine, ameaçando que iria saltar fora.

Numa iniciativa semelhante, a administração do turismo chinês publicou, em 2013, o "Guia do turista bem comportado", com recomendações como evitar meter os dedos no nariz em público ou limpar os dentes com os dedos.

Segunda maior economia mundial, a seguir aos Estados Unidos da América, a China é o maior emissor mundial de turistas.

Pelas contas do Governo chinês, 120 milhões de chineses viajaram para fora da China Continental em 2015, um aumento de 19,5% face ao ano anterior

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.