sicnot

Perfil

Mundo

Igor Luksic foi primeiro candidato ouvido para secretário-geral da ONU

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Montenegro, Igor Luksic, foi hoje o primeiro candidato ao cargo de secretário-geral das Nações Unidas a ser ouvido perante a Assembleia-Geral da organização.

© Eric Vidal / Reuters

Luksic, 39 anos, o mais jovem dos candidatos, apresentou-se como o representante de um "pequeno mas orgulhoso país, com uma história tumultuosa".

"Compreendo os desafios modernos", declarou o candidato, que alternou entre o inglês e o francês quando abordou questões como o terrorismo, os refugiados, o desarmamento ou os direitos humanos, antes de agradecer em todas as línguas oficiais da ONU (incluem além das já referidas o árabe, chinês, espanhol e russo).

Igor Luksic é ministro dos Negócios Estrangeiros de Montenegro desde 2012, mas também desempenhou os cargos de primeiro-ministro e ministro das Finanças.

Fala fluentemente inglês, italiano, francês e alemão e publicou três livros de poesia e prosa traduzidos em várias línguas.

Os oito candidatos ao cargo ocupado atualmente por Ban Ki-moon começaram hoje a ser ouvidos num inédito processo de seleção. O ex-primeiro-ministro António Guterres é o terceiro a apresentar a candidatura, ainda hoje.

As audições decorrerão durante três dias, tendo cada um dos candidatos duas horas para defender a sua causa e responder às perguntas dos diplomatas e da sociedade civil, por vídeo.

Antes dos candidatos iniciarem as entrevistas, o presidente da Assembleia-Geral da ONU, Mogens Lykketoft, disse que o candidato ideal deve ter "independência, personalidade forte, autoridade moral, talento político e diplomático" e capacidades de gestão.

Entre as suas prioridades devem estar a luta contra as alterações climáticas, a promoção da paz e a reforma da ONU, adiantou.

Candidataram-se até ao momento a diretora da Organização das Nações Unidas para a Educação a Ciência e a Cultura (UNESCO), a búlgara Irina Bokova, a ex-primeira-ministra da Nova Zelândia, Helen Clark, a ex-vice-presidente e ex-ministra dos Negócios Estrangeiros da Croácia, Vesna Pusic, e a ex-chefe da diplomacia da Moldávia Natalia Guerman.

São ainda candidatos o ex-presidente esloveno, Danilo Turk, e o macedónio Srgjan Kerim, que presidiu à Assembleia geral da ONU entre 2007 e 2008.

Ban Ki-moon abandona o cargo no final do ano, após dois mandatos de cinco anos.

Lusa

  • Barroso reafirma apoio a Guterres na corrida a secretário-geral da ONU
    0:58

    País

    José Manuel Durão Barroso considera difícil mas possível que António Guterres venha a ser eleito secretário-geral das Nações Unidas. Durão Barroso, ex-presidente da Comissão Europeia, reafirmou hoje o apoio à candidatura de Guterres, tal como deu quando foi candidato ao cargo de secretário-geral da Agencia da ONU para os Refugiados.

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.