sicnot

Perfil

Mundo

MNE português elogia "grande qualidade" da intervenção de Guterres

O ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse hoje à agência Lusa não estar surpreendido com a "grande qualidade" da intervenção de António Guterres na ONU, recordando o "enorme acolhimento" que a candidatura tem suscitado.

MANUEL DE ALMEIDA

"Não me surpreendeu em absolutamente nada a grande qualidade da sua intervenção inicial, o à-vontade, a sua fluência em várias línguas e o domínio dos dossiês que demonstra", afirmou o chefe da diplomacia portuguesa, contactado pela Lusa por telefone.

António Guterres está hoje a realizar a sua audição pública na sede da ONU em Nova Iorque, no âmbito da sua candidatura a secretário-geral da organização, que começou com uma intervenção de cerca de 10 minutos.

"Gostaria de chamar a atenção para a clareza da visão que António Guterres apresenta para o cargo de secretário-geral da ONU", disse o ministro, elogiando a forma como o antigo primeiro-ministro português liga as questões da paz, do desenvolvimento e dos direitos humanos.

Em declarações à Lusa, Augusto Santos Silva considerou também como "cristalina a defesa" que António Guterres fez da necessidade de uma "diplomacia pela paz e uma cultura de prevenção de conflitos".

O chefe da diplomacia portuguesa recordou que a candidatura do antigo Alto-comissário das Nações Unidas para os Refugiados tem um "grande apoio nacional" e que, "mesmo da parte daqueles que defendem outras opções", a candidatura tem "suscitado enorme acolhimento".

António Guterres é o terceiro candidato à substituição do secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, cujo mandato termina no final de 2016, a ser entrevistado na sede da organização em Nova Iorque.

A audição que teve início cerca das 15:00 locais (20:00 em Lisboa), deverá terminar cerca das 17:00 locais (22:00 em Lisboa).

Lusa

  • Augusto Santos Silva diz que Portugal não tem de pagar candidatura de Guterres
    0:35

    País

    O Ministro dos Negócios Estrangeiros diz que Portugal não compra o lugar de Secretário-Geral da ONU para António Guterres.Augusto Santos Silva respondia no Parlamento a uma crítica de um deputado do PSD sobre a redução da verba no Orçamento para as Nações Unidas. Para o ministro, é preciso não confundir apoio político com mais dinheiro.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.