sicnot

Perfil

Mundo

Obama defende igualdade salarial entre homens e mulheres

O Presidente dos Estados Unidos Barack Obama defendeu hoje a igualdade salarial entre homens e mulheres, que reconheceu estar longe de adquirida, definindo-a como um "princípio fundamental da nossa economia".

© Kevin Lamarque / Reuters

"A trabalho igual salário igual. É uma ideia simples (...) mas é uma ideia que ainda não conseguimos aplicar", declarou Obama no decurso do Dia da igualdade salarial.

"Hoje, em média, uma mulher que trabalha a tempo inteiro ganha 79 cêntimos enquanto o homem ganha um dólar. E a diferença ainda é mais acentuada para uma mulher negra", acrescentou durante uma cerimónia onde a Sewall-Belmont House, uma casa em Washington que acolheu o Partido Nacional da Mulher (NWP), foi designada monumento nacional.

Este partido foi fundado pela militante Alice Paul, uma sufragista que ao longo do século XX se bateu "pela igualdade política, social e económica das mulheres nos Estados Unidos e também através do mundo", segundo o decreto assinado pelo Presidente norte-americano e destinado a proteger esta casa.

"Quero que os rapazes e raparigas venham aqui nos próximos 10, 20, 100 anos, para se recordarem que as mulheres se bateram pela igualdade", assinalou.

A candidata democrata Hillary Clinton, que em janeiro poderá tornar-se na primeira mulher a assumir a presidência dos Estados Unidos, elegeu a igualdade salarial como um dos seus temas de campanha.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.