sicnot

Perfil

Mundo

Abertas assembleias de voto para eleger novo parlamento da Coreia do Sul

As assembleias de voto abriram hoje na Coreia do Sul para eleger os 300 deputados que vão compor a nova Assembleia Nacional (parlamento). Mais de 42 milhões de sul-coreanos, dos aproximadamente 50 milhões que perfazem a população do país, são chamados às urnas, que abriram às 06:00 (22:00 em Lisboa) e encerram às 18:00 (10:00 em Lisboa).

© Kim Hong-Ji / Reuters

Um universo de 944 candidatos -- 844 homens e 100 mulheres -- apresentou-se para a eleição direta em 253 distritos, enquanto os restantes 47 assentos vão ser divididos, de forma proporcional em função do apoio conquistado por cada um das forças políticas.

O conservador Saenuri, que domina no parlamento com 146 dos 292 deputados, parte com clara vantagem, de acordo com as mais recentes sondagens, permanecendo apenas a incógnita sobre se obtém a maioria absoluta.

O Minjoo, principal força da oposição, ocupa o segundo lugar, à luz das sondagens, apesar de poder vir a perder parte dos seus 102 atuais assentos para o recém-formado Partido do Povo, do empresário e académico progressista Ahn Cheol-soo.

As sondagens indicam que nem juntos superariam o Saenuri.

A taxa de participação promete ser um fator-chave nas eleições de hoje, já que uma mobilização massiva dos jovens, em geral críticos da administração da Presidente sul-coreana, Park Geun-hye, e afetados pelo desemprego, poderá contribuir para um maior equilíbrio de forças a favor da oposição.

O abrandamento económico do último ano, do qual Governo e oposição se culpam mutuamente, poderá influenciar a votação, ao passo que a tensão com a Coreia do Norte poderá favorecer o partido no poder ao inclinar os eleitores para posições mais conservadoras em matéria de segurança.

Os resultados provisórios devem ser conhecidos uma hora depois do encerramento das urnas, sendo que os definitivos não devem ser divulgados antes da madrugada de quinta-feira.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Cerca de uma centena de granadas e várias munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Só 40% das multas por falta de limpeza dos terrenos foram cobradas em 2016
    1:43

    País

    Este ano, a Guarda Nacional Republicana já autuou mais de 660 proprietários de terrenos, que não cumpriram as regras de prevenção e proteção das florestas contra incêndios, sobretudo as de limpeza. Em 2016, das mais de duas mil multas passadas pela GNR, só 40% foram cobradas. Relativamente a este ano, apenas um terço das multas foram pagas.

  • Porto Design Factory: um lava-louças com tecnologia ultrassom e muitas outras coisas
    1:45
  • Jovens participam na maior competição nacional de aplicações
    2:10

    País

    O presente e o futuro passam cada vez mais pelas novas tecnologias, sobretudo as aplicações. Alunos de cerca de 100 escolas estão a participar na terceira edição da Apps For Good, a maior competição nacional de aplicações desenvolvidas por jovens, que decorre em Matosinhos.

  • O iPhone faz 10 anos
    2:01