sicnot

Perfil

Mundo

"Boa gordura" pode afinal não ser assim tão boa para o coração

As dietas ricas em óleos vegetais e gordura insaturada podem não ser assim tão boas para o coração, revela uma nova investigação.

O salmão é rico em ómega 6

O salmão é rico em ómega 6

© Molly Riley / Reuters

Quase todas as dietas recomendam reduzir a gordura saturada, como a manteiga e o queijo, e substituí-la por insaturadas, como os óleos vegetais e peixes gordos. Nas diretivas de 2015, o limite de gorduras saturadas é de 10% das calorias diárias ingeridas.

Não há no entanto muitos estudos que comparem os dois tipos de gordura e o impacto na saúde das pessoas que as consumam.

A mais recente investigação reviu os dados obtidos numa experiência que decorreu entre 1968 e 1973 que envolveu mais de 9 mil adultos que viviam em lares ou hospitais psiquiátricos no Minnesota, EUA.

Cerca de metade dos participantes tinha uma dieta que continha 18,5% de gorduras saturadas e 5% de insaturadas, a outra metade ingeria 9% de gordura saturada e 13% de insaturada. Os que seguiam esta última dieta revelaram ter um nível mais elevado de ácido linoleico, ácido gordo ómega 6 polinsaturado, o mesmo que se encontra na margarina e em óleos de milho e soja.

Os investigadores descobriram, sem grande surpresa, que este grupo tinha valores menores de colesterol, cerca de 13% inferior ao grupo das gorduras saturadas. O que foi surpreendente foi a conclusão de que o baixo nível de colesterol estava associado a um aumento do risco de morte devido a problemas cardíacos. Para esta análise só foram consideradas 2403 pessoas que seguiam uma das duas dietas há pelo menos um ano.

É considerado alto um valor de colesterol acima de 200 mg/dL, o que aumenta o risco de enfarte. No entanto, um valor abaixo dos 30 mg/dL tem o mesmo efeito, com um aumento de 22% do risco de morte. Nos três anos após a experiência morreram 517 dos 2403 participantes.

Gorduras mais saudáveis

Gorduras monoinsaturadas:
Azeite
Óleo de amendoim
Amêndoas e azeitonas
Abacate

Gorduras polinsaturadas:
Peixes gordos como o salmão, sardinhas e cavala
Óleos vegetais como o óleo de girassol

Gorduras menos saudáveis

Gorduras saturadas:
Manteiga, natas
Carnes vermelhas, carnes gordas e enchidos
Queijos
Leite gordo, iogurtes gordo

Gorduras trans:
Alimentos que contêm gorduras parcialmente hidrogenadas.
Alimentos que derivam de ruminantes; tais como a vaca, por isso, carne de vaca/vermelha e laticínios (manteiga e natas)
Gorduras submetidas a temperaturas muito elevadas

Site da Direção-geral da Saúde sobre alimentação saudável.

  • Proteção Civil desmobiliza meios em Setúbal

    País

    A Proteção Civil vai começar a desmobilizar, hoje à tarde, meios de combate ao incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal e que já está em fase de rescaldo, disse à agência Lusa o vereador da Proteção Civil Municipal.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • Portugal condenado por decisão "discriminatória e preconceituosa"
    1:19

    País

    Portugal voltou a ser condenado pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, desta vez por causa de uma decisão discriminatória e preconceituosa. Trata-se do caso da mulher a quem o Supremo Tribunal Administrativo baixou o valor de uma indemnização por negligência médica. Entre os vários argumentos usados, os juízes portugueses consideraram que a sexualidade é menos importante quando se tem 50 anos e dois filhos.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26

    País

    O candidato do PSD à Câmara Municipal de Loures, André Ventura, foi entrevistado esta terça-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. Em análise, a polémica em torno das declarações do candidato sobre a comunidade cigana.

    Entrevista SIC Notícias

  • Rajoy nega conhecimento de financiamentos ilegais no PP

    Mundo

    O primeiro-ministro espanhol negou hoje ter conhecimento de um esquema ilegal de financiamento, que envolve vários responsáveis do Partido Popular (PP, direita), que lidera. Durante uma audição no tribunal, Mariano Rajoy garantiu ainda que não aceitou nenhum pagamento ilícito.