sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte tem mísseis de médio alcance prontos para serem lançados

A Coreia do Norte tem um dois mísseis de médio alcance preparados para serem lançados, o que poderá fazer na sexta-feira, dia do aniversário do nascimento do fundador do país, disse hoje fonte do governo sul-coreano.

© KCNA KCNA / Reuters

O míssil ou mísseis 'Musudan' estarão colocados numa plataforma de lançamento móvel há 20 dias, na localidade de Wonsan, no sudeste da Coreia do Norte, segundo a agência Yonhap, que cita fonte oficial.

O Ministério da Defesa de Seul não confirmou oficialmente a informação, mas assegura que as Forças Armadas "estão preparadas para o lançamento de um míssil balístico da Coreia do Norte", indicou um porta-voz à agência Efe.

Os mísseis 'Musudan' têm um alcance estimado entre 2.500 e 4.000 quilómetros, uma distância suficiente para atingir a Coreia do Sul e o Japão e, eventualmente, as bases norte-americanas situadas na ilha de Guam, no Pacífico.

A concretizar-se, seria a primeira vez que a Coreia do Norte dispara um míssil balístico de médio alcance a partir de uma plataforma móvel, que tornam mais difícil detetar os lançamentos.

No caso de Pyongyang decidir lançar o míssil nos próximos dias é possível que avise a Organização Marítima Internacional, a qual não recebeu, até ao momento, qualquer notificação.

A Coreia do Norte celebra na sexta-feira o 104.º aniversário de Kim Il-sung, fundador do país, primeiro líder da 'dinastia' Kim e avô do atual dirigente.

Lusa

  • Coreia do Norte lança quatro mísseis de curto alcance

    Mundo

    A Coreia do Norte voltou a desafiar a comunidade internacional, ao disparar pelo menos quatro misseis de curto alcance. A ação desta madrugada foi confirmada pelas autoridades da Coreia do Sul, que dizem que os projécteis caíram no mar, ao largo da costa leste da península.

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • "Não se pode voltar atrás, o povo de Deus confirmou a necessidade deste Papa"
    3:15
  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.