sicnot

Perfil

Mundo

Vídeo de snowboarder perseguida por urso é afinal falso?

Vídeo de snowboarder perseguida por urso é afinal falso?

O vídeo publicado no YouTube de uma snowboarder que supostamente ao captar as imagens estaria a ser perseguida por um urso, sem o saber, tornou-se viral na Internet. A popularidade das imagens publicadas pela jovem Kelly Murphy, estudante de 19 anos, foram contudo alvo de uma observação atenta. Muitos são os que afirmam que a imagem do urso é falsa e que o vídeo é uma montagem.

Artigos publicados em vários sites, nomeadamente nos britânicos The Guardian e Independent, justificam a afirmação de que o vídeo é falso.

"O urso parece estar constantemente à mesma distância, por trás da snowboarder, enquanto decorre a filmagem. Depois, parece estar escondido cada vez que a câmara muda de posição", refere o Independent.

Segundo guias turísticos de Hakuba, no Japão, região onde terá sido captado o vídeo, o urso preto asiático, comum nessa zona, é geralmente um animal agressivo na presença de humanos, mas o da imagem comporta-se de modo distinto, mais parecendo um urso pardo da América.

Kelly Murphy, a jovem australiana autora do vídeo, garante que as imagens são reais. "Sim, o vídeo é verdadeiro! Eu não sabia o que estava a acontecer na altura, rever estas imagens é muito assustador!", afirmou Kelly ao Independent.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.