sicnot

Perfil

Mundo

Manifestantes contra destituição de Dilma cortam estradas no Brasil

Manifestantes bloquearam estradas em várias cidades brasileiras em protesto contra o pedido de impeachment (destituição) da Presidente Dilma Rousseff, que começou hoje a ser discutido na Câmara dos Deputados.

© Sergio Moraes / Reuters

Segundo o portal da Internet G1, houve vários cortes de estradas em São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco e Sergipe.

Em São Paulo, centro económico do Brasil, por exemplo, houve bloqueios em, pelo menos, quatro vias, incluindo a principal via da cidade, a Avenida Paulista.

A iniciativa partiu do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Segundo autoridades policiais citadas pelo G1, centenas de pessoas levaram a cabo estes cortes que, em alguns casos, se prolongaram por duas horas, condicionando o trânsito.

Na capital do país, o trânsito na Esplanada dos Ministérios, zona principal da cidade, onde fica localizado o Congresso Nacional, foi cortado esta madrugada.

O trânsito estará interdito até domingo à noite nos dois sentidos, devido aos atos esperados para ocorrer no local durante a votação do pedido de destituição de Dilma Rousseff.

A sessão plenária começou hoje de manhã e estender-se-á até domingo, estando a votação agendada para começar às 14:00 locais (18:00 em Lisboa).

As autoridades locais determinaram que a área defronte do Congresso Nacional seja isolada e restrita apenas a agentes da polícia, bombeiros e militares.

Foi também levantada uma barreira, com um quilómetro de comprimento, para dividir os manifestantes a favor e contra a destituição, e a Força Nacional reforçou o efetivo, que conta com 3.700 polícias civis e militares.

A expectativa das autoridades é de que cerca de 300 mil pessoas acompanhem a votação no local.

Na quinta-feira, o ministro da Justiça, Eugênio Aragão, alertou que a realização simultânea de manifestações contra e a favor do Governo defronte do Congresso Nacional poderia descambar em violência.

O governante considerou que separar os dois grupos com um muro não era uma boa ideia, porque continuariam muito próximos.

Para Eugênio Aragão, toda a zona da Esplanada dos Ministérios deveria ser fechada, e os protestos contra e pró-Governo em Brasília teriam de ser realizados em locais diferentes e distantes entre si.

Se o pedido de destituição passar na Câmara dos Deputados no domingo, seguirá para o Senado.

A possibilidade de impugnação do mandato de Dilma Rousseff surgiu na sequência da revelação das chamadas "pedaladas fiscais", atos ilegais resultantes da autorização de adiantamentos de verbas de bancos para os cofres do Governo para melhorar o resultado das contas públicas.

Lusa

  • Morreu o vocalista da banda Linkin Park

    Cultura

    Um dos vocalistas da banda de metal alternativo Linkin Park, Chester Bennington, morreu, em casa, numa cidade do condado de Los Angeles, aos 41 anos. Chester Bennington ter-se-á suicidado, de acordo com a plataforma TMZ. O músico juntou-se aos Linkin Park em 1999, três anos após a formação da banda, que editou o seu álbum de estreia, "Hybrid Theory", em 2000. O disco, do qual fazem parte temas como "In the End", "Crawling" e "One Step Closer", vendeu dez milhões de cópias só nos Estados Unidos.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.