sicnot

Perfil

Mundo

Polónia diz que Rússia é maior ameaça para a Europa do que o Daesh

O chefe da diplomacia polaca, Witold Waszczykowski, considerou hoje a Federação Russa uma ameaça maior para a Europa do que a representada pelo Daesh, que é "muito séria", mas "não existencial".

© Maxim Shemetov / Reuters

Durante um debate sobre o futuro da NATO, na conferência anual sobre segurança GlobSec, que abriu hoje na capital eslovaca, Waszczykowski afirmou: "É evidente que a atividade da Rússia é uma espécie de ameaça existencial, porque essa atividade pode destruir países".

O ministro polaco acrescentou que há "também ameaças não existenciais, como o terrorismo, como as grandes vagas de migrantes".

Sobre o Daesh, disse que é uma ameaça muito séria, mas que "não é uma ameaça existencial para a Europa", segundo o relato feito pela agência noticiosa polaca PAP.

Reafirmando a sua esperança de ver a cimeira da NATO, prevista para julho, em Varsóvia, reforçar a presença das forças de diferentes países membros da aliança na zona oriental, Waszczykowski classificou-a como "um símbolo da sua determinação de defender o flanco oriental", prontificando-se para "discutir a escala" do reforço.

O reforço da capacidade defensiva coletiva vai ser o ponto principal do programa da cimeira, sublinhou, por seu lado, o seu homólogo checo, Martin Stropnicky, relativizando porém que "a Rússia não deve ser isolada".

A região do Mar Báltico, onde "a Rússia está a testar as capacidades defensivas da NATO", tornou-se aparentemente um foco de tensão, com os países membros da Aliança Atlântica da região confrontados com uma pressão russa acrescida, relevou Stropnicky, segundo a agência noticiosa checa CTK, enquanto a Suécia e a Finlândia estão submetidas a uma forte propaganda russa.

Com Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Já há destinos esgotados para o Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • As crianças que estão a morrer à fome em África

    Mundo

    A UNICEF alertou esta terça-feira que a má nutrição aguda que afeta a Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iémen coloca este ano em "iminente" risco de morte 1,4 milhões de crianças devido à fome que existe naqueles países. São milhares de casos de um incessante desespero numa luta diária pela sobrevivência.

  • Cães desfilam no Rio de Janeiro
    1:00

    Mundo

    O tradicional cortejo de Carnaval brasileiro só acontece daqui a uns dias, mas no Rio de Janeiro já há inúmeros desfiles pelas ruas. Na praia de Copacabana, os animais mascararam-se de humanos.