sicnot

Perfil

Mundo

Presidente da Bolívia recomenda ao Papa uso de coca para "aguentar toda a vida"

O presidente da Bolívia, Evo Morales, foi hoje recibido pelo Papa, a quem ofereceu três livros sobre os benefícios da coca e recomendou a sua utilização para "aguentar toda a vida".

© POOL New / Reuters

O encontro começou às 10:43 (9:34 em Lisboa), tendo o Papa e Morales conversado durante perto de meia-hora, na biblioteca do palácio apostólico do Vaticano.

"Eu tomo [coca] e faz-me bem. Recomendo que a tome e assim aguenta toda a vida", disse Morales ao papa, na entrega dos livros sobre o produto andino, na habitual troca de livros.

Francisco ofereceu ao chefe de Estado boliviano uma medalha de São Martim de Tours, padroeiro de Buenos Aires e símbolo do amor aos pobres, e a recente exortação sobre a família "Amoris Laetitia".

Também ofereceu um exemplar de "O nome de Deus é Misericórdia", o primeiro livro-entrevista do Papa Francisco, publicado em janeiro.

O ministro dos Negócios Estrangeiros boliviano, David Choquehuanca, a encarregada de negócios da embaixada boliviana no Vaticano, Erika Farfan, e a sua chefe de gabinete, Patricia Hermosa, acompanharam o presidente boliviano na audiência com o Papa.

Morales e Francisco encontraram-se pela primeira vez no Vaticano, em 2013, durante uma audiência em que falaram da luta contra a pobreza. Foi quando o líder boliviano ofereceu ao Papa um livro sobre reivindicação marítima do país.

Posteriormente reuniram-se em outubro de 2014, no Vaticano, por ocasião do primeiro Encontro Mundial de Movimentos Populares.

Em julho do ano passado, Francisco visitou a Bolívia, numa deslocação que também levou o papa ao Paraguai e ao Equador.

Durante a estada em Roma, Morales vai assistir no sábado a uma conferência organizada pelo presidente da Academia Pontifícia das Ciências Sociais, o argentino Marcelo Sanchez Sorondo, para comemorar o 25.º aniversário da encíclica de João Paulo II "Centesimus Annus".

Lusa

  • Fuzileiros continuam no terreno a ajudar população
    3:03
  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29
  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44
  • Desacatos no aeroporto de Faro deixam turistas britânicos em terra
    1:46

    País

    Cinco pessoas, que integravam o grupo de turistas britânicos que nos últimos dias causou desacatos em Albufeira, foram ontem impedidas de regressar a Inglaterra. Agressões no aeroporto e desacatos à entrada do avião levaram os comandantes de dois voos a recusar levar aqueles passageiros.