sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para dois o número de mortos em colapso de edifício em Tenerife

Os serviços de emergência retiraram hoje um segundo corpo dos escombros de um edifício de quatro andares que desabou na ilha de Tenerife, Espanha.

© Santiago Ferrero / Reuters

Nove das 28 pessoas que se encontravam no imóvel, situado numa das praias mais populares da maior ilha do arquipélago das Canárias, continuam desaparecidas, indicaram as autoridades.

Depois de terem trabalhado durante toda a noite, as equipas de resgate encontraram uma segunda vítima mortal -- uma mulher, cuja idade ainda não foi determinada, informaram em comunicado.

Três pessoas foram resgatadas dos escombros ao final do dia de quinta-feira, das quais duas precisaram de receber tratamento hospitalar.

O edifício, localizado na zona de praia de Los Cristianos, no sul do Tenerife, desabou na manhã de quinta-feira, estando por apurar as causas.

Quatro prédios contíguos foram evacuados e dezenas de famílias foram viver com familiares ou encontram-se em abrigos temporários.

Lusa

  • Explosão de gás em Tenerife mata pelo menos uma pessoa
    1:41

    Mundo

    Uma explosão de gás fez ruir um prédio esta quinta-feira em Tenerife. As autoridades das Canárias ainda não confirmaram o número exacto de vítimas, até porque se mantinham até esta noite as operações de busca. A imprensa espanhola avança que pelo menos uma pessoa morreu e outras três terão ficado feridas, uma com gravidade.

  • Isto não é não jornalismo. Por Ricardo Costa

    Opinião

    Uma das decisões mais banais e corriqueiras do jornalismo assenta nas escolhas que se fazem no dia a dia. Que temas se abordam, que destaque se dá a este ou aquele assunto, que ângulos de abordagem se usam. São opções condicionadas por uma série de fatores - que vão do interesse e da novidade até questões tão básicas como o haver ou não jornalistas com tempo, meios e conhecimentos para o fazerem -, que estão e estarão na base de qualquer dia de trabalho numa redação.

    Ricardo Costa

  • Bruxelas multa Altice em 125 M€ devido à compra da PT

    Economia

    Os Serviços da Concorrência da Comissão Europeia decidiram multar a Altice em 125 milhões de euros no âmbito da compra da PT Portugal. Bruxelas avançou com a multa à Altice por ter começado a gerir a PT antes do negócio ter sido aprovado pela Comissão Europeia.

  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.