sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para dois o número de mortos em colapso de edifício em Tenerife

Os serviços de emergência retiraram hoje um segundo corpo dos escombros de um edifício de quatro andares que desabou na ilha de Tenerife, Espanha.

© Santiago Ferrero / Reuters

Nove das 28 pessoas que se encontravam no imóvel, situado numa das praias mais populares da maior ilha do arquipélago das Canárias, continuam desaparecidas, indicaram as autoridades.

Depois de terem trabalhado durante toda a noite, as equipas de resgate encontraram uma segunda vítima mortal -- uma mulher, cuja idade ainda não foi determinada, informaram em comunicado.

Três pessoas foram resgatadas dos escombros ao final do dia de quinta-feira, das quais duas precisaram de receber tratamento hospitalar.

O edifício, localizado na zona de praia de Los Cristianos, no sul do Tenerife, desabou na manhã de quinta-feira, estando por apurar as causas.

Quatro prédios contíguos foram evacuados e dezenas de famílias foram viver com familiares ou encontram-se em abrigos temporários.

Lusa

  • Explosão de gás em Tenerife mata pelo menos uma pessoa
    1:41

    Mundo

    Uma explosão de gás fez ruir um prédio esta quinta-feira em Tenerife. As autoridades das Canárias ainda não confirmaram o número exacto de vítimas, até porque se mantinham até esta noite as operações de busca. A imprensa espanhola avança que pelo menos uma pessoa morreu e outras três terão ficado feridas, uma com gravidade.

  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.