sicnot

Perfil

Mundo

Menina chora aos pés do Papa

Menina chora aos pés do Papa

Foram muitos os refugiados que quiseram cumprimentar o Papa, bem como pedir-lhe ajuda, no campo de Moria, na ilha grega de Lesbos, este sábado. Esta é uma das imagens que marcam a visita de Francisco, a de uma criança que lhe beija a mão e se ajoelha a seus pés, chorando compulsivamente.

O Papa Francisco visitou hoje o campo de refugiados de Moria na Ilha grega de Lesbos. Aos cerca de 2500 refugiados do campo pediu esperança e lembrou que não estão sozinhos.

"Caros amigos, quero dizer-vos que não estão sozinhos [...] Não percam a esperança", disse. "Vim aqui [...] simplesmente para estar convosco e ouvir as vossas histórias [...], para pedir ao mundo que dê atenção a esta grave crise humanitária e para implorar que ela seja resolvida", acrescentou.

Doze refugiados, de três famílias, seguiram viagem para o Vaticano com Francisco.

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.