sicnot

Perfil

Mundo

Missão da ONU regressa à Líbia

O emissário das Nações Unidas para a Líbia, Martin Kobler, anunciou este domingo em conferência de imprensa o regresso da missão de apoio da ONU àquele país, depois de ter abandonado a Líbia em 2014 por questões de segurança.

© Esam Al-Fetori / Reuters

Na conferência de imprensa, Kobler referiu que a partir de agora "o pessoal da ONU estará em Tripoli cinco dias por semana".

Também hoje o vice-primeiro-ministro do novo Governo de unidade da Líbia anunciou que o executivo começa a assumir o controlo de alguns ministérios a partir de segunda-feira.

Ahmed Maiteeq disse em conferência de imprensa que o novo executivo vai assumir o controlo dos ministérios dos Assuntos Sociais; Juventude e Desporto; e Habitação e Obras Públicas já a partir de segunda-feira, independentemente dos resultados da votação à moção de confiança marcada para esse dia.

A Líbia tem tido governos rivais desde que uma aliança de milícias se apoderou de Tripoli em meados de 2014, forçando o Governo reconhecido internacionalmente a refugiar-se na parte leste do país.

A Líbia encontra-se devastada pela violência desde a queda do regime de Muammar Kadhafi, em 2011.

O autoproclamado Estado Islâmico aproveitou essa instabilidade para se implantar no país em 2014, e aumentou a sua influência até assumir o controlo da cidade costeira de Sirtes, antigo bastião de Kadhafi, a 450 quilómetros a leste de Tripoli.

Lusa

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Depois do Fogo
    23:30
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.